Clique aqui e veja as últimas notícias!

DEZEMBRO VERDE

CCZ promove Feira de adoção de animais neste sábado em Campo Grande

Estarão disponíveis para adoção 60 animais, entre gatos e cachorros
03/12/2020 14:33 - Naiara Camargo


Neste sábado (5), o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), localizado na Avenida Filinto Muller, 1601, Vila Ipiranga em Campo Grande, realizará uma feira de adoção de animais em conscientização ao Dezembro Verde. 

Estarão disponíveis 60 animais, sendo 27 gatos e 26 cachorros, além de outros que aguardam resultado negativo de exame de leishmaniose que poderão entrar na lista. A feira ocorrerá das 8h às 13h.

Acompanhe as últimas notícias

“Esses animais que estão hoje para adoção já foram, em algum momento de suas vidas, abandonados, e hoje precisam de um lar que possa lhe ofertar amor e carinho”, declara Juliana Rezende, veterinária e coordenadora do CCZ.

"Todos serão castrados, sendo os adultos já esterilizados e os filhotes terão a vaga garantida para o procedimento, assim que atingirem a idade para isso”, acrescenta.

Devido à pandemia da Covid-19, o evento será diferente. Haverá um número restrito de pessoas que podem acessar o local. 

“Todos poderão adotar seus bichinhos, mas iremos controlar a entrada da população. Sendo assim, pode acontecer de haver alguma esperar, mas será necessária a medida para garantir a saúde de todos”, afirma Juliana.

Dezembro Verde

O último mês do ano é destinado aos animais, pois é nesta época em que ocorrem mais casos de abandono por donos que viajam e deixam o animal para trás.

A campanha visa conscientizar cidadãos a respeito da importância em combater o abandono e maus-tratos contra os animais.

De acordo com o artigo 32 da Lei 9.605/98, quem agride animais pode pegar de dois a cinco anos de prisão e ainda pagar multa de R$ 500,00 a R$ 3.000,00 por animal.

 
 

A importância da adoção de animais

Muitos dos bichinhos passam ou já passaram por sofrimento nas ruas e ao praticar essa ação, de adoção de animais, você ajuda a reduzir o número de cães e gatos abandonados, além de oferecer um lar para eles, finalmente, serem felizes de verdade.

Por que adotar ao invés de comprar?

Essa é, sem dúvida, uma das perguntas mais frequentes que fazem à Ongs de adoção de animais. 

“Muitas vezes as pessoas chegam querendo adotar um animal de raça e é quase impossível ter um animal de raça disponível. O que elas não entendem é que os animais adotados dão o mesmo amor que o comprado, só não são de raça. O amor não se compra se adota”, diz a presidente da Ong Cão Feliz, Kelly Macedo.

Como faço para adotar um animal?

Segundo Macedo, o processo de como adotar um animal de estimação tem que começar na consciência de quem procura um bichinho. 

“Primeiro a pessoa tem que ter a consciência de que um animal faz parte da família e não é um objeto que pode ser descartado ou substituído”, avalia.  

Para adotar um animal de estimação a pessoa pode ir até o local (feiras ou ONGs), escolher um dos animais disponíveis, assinar um termo de responsabilidade e se comprometer com a manutenção deste animal.

Assine o Correio do Estado