Clique aqui e veja as últimas notícias!

PAGAMENTO

Cerca de 438 mil pessoas em Mato Grosso do Sul pagaram o IPVA à vista

Os pagamentos realizados até o dia (29) de janeiro somam R$ 405 milhões
05/02/2021 19:00 - Thais Libni


Aproximadamente 438 mil proprietários de veículos automotores optaram pelo pagamento à vista do IPVA, para terem 15% de desconto na conta.  

Até o dia 29 de janeiro de 2021, o pagamento do IPVA 2021 somou R$ 405 milhões. Ao todo foram encaminhados 1,1 milhão de carnês para o pagamento do tributo dentro do período de pagamento à vista com 15 % de desconto ou da primeira parcela sem multa.  

Últimas Notícias

Segundo o chefe da unidade de fiscalização do IPVA, Paulo Sérgio Monteiro Ferreira, a maior parte do montante foi arrecadada por meio dos pagamentos à vista.  

“Com o pagamento à vista foram arrecadados cerca de R$ 374 milhões. Já os referentes à primeira parcela somaram pouco mais de R$ 30 milhões. O valor representa 45% do total anual previsto pela Sefaz-MS, que divulgou expectativa de arrecadação de aproximadamente R$ 890 milhões neste ano”, ressaltou.  

O secretário da Fazenda (Sefas), Felipe Mattos, ressaltou a importância do tributo, que garante a execução de projetos  voltados a sociedade.  

“O IPVA é um tributo de extrema importância na composição do caixa do Estado e dos municípios, além de ser a segunda principal fonte de arrecadação da gestão estadual. Os pagamentos estão dentro da média histórica dos anos anteriores. Os recursos serão destinados a execução das políticas públicas de governo como Educação, Segurança Pública, Saúde, Infraestrutura, entre outras”, explicou.  

O governador Reinaldo Azambuja manteve para 2021 os descontos no IPVA e as condições especiais dos anos anteriores. Carros de passeio, continuam com desconto de 25%, caminhão, ônibus, micro-ônibus e veículos de passeio novos permanecem isentos pelo primeiro ano. 

Para motocicletas, a primeira tributação tem desconto de 50%, resultando em uma alíquota de 1% sobre a tabela FIPE.

As alíquotas para veículos usados são de 2% para caminhão, ônibus, motos, triciclos e quadriciclos; de 2,5% para embarcações e aeronaves; 3% para aeronaves e lanchas esportivas, como jet-skis, motor-home e kart; 3,5% para carros de passeio; 4,5% para carros de passeio com capacidade de até oito passageiros, que utilizem óleo diesel; e de 7% para veículos de corrida. 

Para aqueles que perderam o prazo de pagamento, a regularização pode ser realizada por meio da internet. 

O proprietário paga uma multa referente ao atraso e, na sequência, faz os demais pagamentos no prazo regular. Para a consulta é preciso ter em mãos o documento do veículo.

Assine o Correio do Estado