Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

INTERIOR

Chefe de organização criminosa<br> é preso pela Polícia Federal

Traficante estava foragido da justiça desde 2015
14/05/2019 17:00 - BRUNA AQUINO


 

Traficante de 41 anos, que não teve a identidade divulgada, foi preso pela Polícia Federal em Ponta Porã, na segunda-feira (13). Foragido desde 2015, o chefe de organização criminosa usava documentos falsos e foi surpreendidos pelos policiais por volta das 13h. Ao todo, a Polícia Federal cumpriu um mandado de prisão e sete de busca e apreensão em residências  próximas à rodoviária da cidade.

Natural de Nova Esperança (PR), o traficante mandava carregamentos de cocaína para as regiões Sul e Sudeste do País e já havia sido alvo da Polícia Federal na Operação Stinger, em 2015. Desde então estava foragido, fora do país e conforme investigações da Polícia Federal ele havia voltado para morar no Brasil. 

Durante as buscas com apoio de Policiais da Força Nacional de Segurança Pública, foram apreendidos sete veículos sendo uma Dodge Ram, uma VW Amarok, um Chevrolet Cruze, no qual havia um “mocó” (compartimento dissimulado para ocultar objetos ilícitos), um VW Gol, duas Fiat Strada e uma moto XT 660; três pistolas: uma Glock .40, uma Glock .380 e uma Ruger .380, além de munição; R$ 10.000,00 e 16 celulares.   

Os bens apreendidos e o preso foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã.

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...