Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

Cidade com medidas mais restritivas do Estado não tem o maior isolamento de MS

Guia Lopes teve apenas o oitavo maior distanciamento do Estado durante o domingo
25/05/2020 18:07 - Daiany Albuquerque


O município de Guia Lopes da Laguna teve taxa de isolamento de apenas 59% durante o domingo (24). A cidade, porém, é a que tem as medidas mais restritivas em Mato Grosso do Sul e mesmo assim conseguiu apenas a oitava posição entre as localidades do Estado.

Guia Lopes – a 232 quilômetros de Campo Grande – tem 183 casos confirmados do novo coronavírus, conforme o último boletim epidemiológico da Covid-19, publicado nesta segunda-feira (25). É a cidade sul-mato-grossense com a maior incidência da doença, com taxa de 1.849,4 por 100 mil habitantes.

A cidade havia decretado quarentena no início do mês, com abertura apenas de comércio essencial, entretanto, na semana passada essas medidas foram afrouxadas pela administração. A circulação de pessoas que não estão trabalhando, entretanto, só é permitida em dois dias da semana, dependendo da data de nascimento da pessoa.

Essas determinações, porém, não estão sendo suficientes para segurar as pessoas dentro de suas residências, como tem mostrado a taxa de isolamento divulgado pelo Governo do Estado.

A cidade com o maior isolamento do Estado no domingo foi Douradinha, com 64,1%. O município tem 20 episódios da doença, mas proporcionalmente tem o segundo maior índice de incidência do novo coronavírus, com 337,6.

Corguinho, que nem casos confirmados da doença tem ainda, aparece na segunda colocação no isolamento social. Durante o domingo foi registrado na cidade distanciamento de 61,3%. O município é seguido por Rio Negro, com 61,2% de isolamento, localidade onde também não há episódios positivados da Covid-19.

Apesar do índice de algumas cidades ser bom, não há nenhum município em Mato Grosso do Sul que apresente índice de 70%, considerado o ideal de acordo com autoridades de saúde. Em relação ao Estado todo, a taxa no domingo ficou em apenas 50%.

Em Campo Grande a taxa de isolamento foi de 49,6% e as regiões mais movimentadas e com menor adesão ao distanciamento social foram: Vila Nasser (27,3%), Universitário (29,3%), Portal da Lagoa (30,2%), Moreninha (37,6%) e Jardim Noroeste (38,4%).

 

Felpuda


Como era de se esperar, as pesquisas mexeram nos ânimos de candidatos, principalmente daqueles que apareceram com índices pífios.

E assim, muitos deles certamente darão novo rumo às suas campanhas eleitorais.

A maioria, é claro, tenta mostrar otimismo, e o que mais se ouve por aí é que “agora o momento será de virada”.

Como disse atento e irônico observador: “Tem gente por aí que poderá virar, sim. Mas virar gozação!”. Ui...