Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

CAMPO GRANDE

Cinco dias após incêndio no Atacadão, vizinhança ainda sofre com fumaça

Bombeiros ainda devem levar dias para retirar toneladas de produtos queimados
17/09/2020 18:00 - Da Redação


Após cinco dias do Atacadão ser tomado pelo fogo, ainda é possível encontrar pequenos focos de fumaça no local. Nesta quinta-feira (17) cerca de 10 militares e três viaturas do Corpo de Bombeiros realizavam ainda o rescaldo do incêndio.

A artesã Meire Teixeira, 70 anos mora com o marido, Luiz Nazareno e duas netas crianças nos fundos do supermercado. Ela conta que até o momento é impossível ficar em casa. 

“Desde domingo a fumaça atrapalhou um pouco nossa vida, a casa está tomada de fuligem”. 

Ela reclama ainda que, apesar da administração do atacadista ter dado toda assistência necessária aos moradores da região, o espaço entre o local atingido e as casas é muito próximo. 

“Acho que devia ter uma abertura maior entre o mercado e os fundos, ter um melhor acesso em volta do mercado, podendo transitar e distanciar mais de residências próximas”, argumenta.

Segundo o Tenente-Coronel do Corpo de Bombeiros, Fernando Carminatti, a presença do corporativo ainda é necessária para conter mini focos de possíveis explosões, uma vez que toda a área de vendas foi afetada. 

“Estamos de prontidão aqui tentando esvaziar com cautela tudo que foi afetado pelo fogo, e estamos de alerta pois ainda há presença de materiais combustíveis como madeira entre outros”, afirmou.

A causa do incêndio ainda não foi identificada e a corporação ainda demandará mais uns dias para esvaziar o local. “É um trabalho minucioso e delicado pois só podemos entrar com mini retroescavadeiras, o que demanda tempo para a retirada das toneladas de produtos afetados”, pontuou.

Ainda segundo o Carminatti, logo após a retirada total do teto que foi 90% danificado, a administração estudará a reconstrução do supermercado.

Em nota, o Atacadão informou que a empresa "está empenhada em conduzir a situação, e só teremos condições de avaliar um plano de reconstrução da unidade após uma profunda avaliação técnica".

 
 

Felpuda


A futura composição  dos 29 vereadores  em Campo Grande poderá ser diferente  da que foi oficializada, segundo o que  se tem ouvido,  com certa frequência, nas rodinhas de conversas dos meios políticos.  

Nova distribuição  das cadeiras poderá ocorrer e, assim, quem está prestes a entrar com pompa e circunstância poderá nem passar pela porta de entrada  e tomar posse de cadeira  para chamar de sua.  

O caldeirão está fervendo.