Clique aqui e veja as últimas notícias!

SAÚDE

Cirurgias eletivas retornam em 2021, no período pós-pandemia

A longa espera por consultas, cirurgias e exames da rede pública de saúde ficou ainda maior com a paralisação dos atendimentos durante a pandemia
17/12/2020 10:14 - Rafaela Moreira


Suspensas devido a pandemia de Covid-19, as cirurgias eletivas em Mato Grosso do Sul retornaram em 2021, no período pós-pandemia. O governador Reinaldo Azambuja anunciou que será realizada uma força-tarefa no setor da saúde para desafogar a fila de espera por cirurgias e exames especializados.

De acordo com Azambuja é necessária uma organização para o retorno dos atendimentos, sendo que a prioridade serão as pessoas que estão na fila da central de regulação.

Ultimas notícias

“Tivemos que suspender as cirurgias eletivas neste ano por causa da Covid-19 e estamos com um grande represamento na central de regulação. Por isso, queremos organizar isso com as macro e microrregiões de saúde de Mato Grosso do Sul, e também com os hospitais que têm estrutura, para ampliar a oferta de cirurgias e exames”. 

Segundo ele, o Estado vai custear todos os serviços. “Não terá nenhum ônus aos municípios”, pontuou.

O governador ainda disse que poderá ser feita parceria com todas as unidades de saúde que estiverem dispostas a entrar na nova modalidade da Caravana da Saúde.

Entre os procedimentos médicos que devem ser realizados estão as cirurgias ortopédicas de quadril, coluna e as cirurgias oftalmológicas, além de exames oncológicos e de tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas, entre outros.

Suspensão

Em março deste ano todos os exames e consultas foram adiados devido ao decreto que suspendeu os atendimentos eletivos na Rede Municipal de Saúde devido à pandemia. Antes da paralisação cerca de 12 mil pessoas estavam na fila de espera para consultas, exames e cirurgias eletivas em diversas especialidades.

Assine o Correio do Estado