Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EPICENTRO

Com 104 casos a mais em 24h, Dourados continua no topo da lista de contágio da Covid-19

Estado soma 31 mortes em meio a pandemia
14/06/2020 12:00 - Bruna Aquino, Naiane Mesquita


A cidade de Dourados continua no topo da lista de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), com 104 novos infectados em 24 horas. A informação foi repassada pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, durante transmissão ao vivo, em sua página oficial do Facebook.  

De acordo com as informações do Governo, Mato Grosso do Sul tem 198 novos casos confirmados neste domingo (14), sendo que a maioria é do município localizado no interior do Estado. Campo Grande segue em segundo lugar na lista, com 36 novos casos, enquanto Rio Brilhante tem mais 11 infectados.

Segundo o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, o Governo deve anunciar mais óbitos nos próximos dias. “Tivemos mais três óbitos e isso está nos preocupando muito. Parece que deverá ser a tônica daqui para frente anunciar óbitos aqui. Principalmente pela pouca adesão da população para com um dos instrumentos mais importantes de combate ao coronavírus, que foi testado em todo o mundo, o isolamento social”, explica.  

Para o secretário, o comportamento da população influencia diretamente no número de casos da Covid-19. “As pessoas estão levando a vida como se estivéssemos na normalidade, como se a pandemia já estivesse passado. Agora que nós vamos enfrentar o apogeu e o auge da doença aqui Estado. Nos últimos 20 dias há um crescimento muito expressivo, que está se mantendo, hoje mesmo anunciamos mais 198 casos, isso é um quantitativo enorme, para quem muitas vezes ficou quase dois meses para atingir esse numerário e em um só dia estamos apresentando um número expressivo de casos”, indica.  

Em Dourados, segundo Resende, além do isolamento, a cidade deve se atentar ao monitoramento e rastreamento dos casos. “Estamos dizendo que é importante construir não só isolamento social, com taxas melhores, mas sobretudo fazer monitoramento e rastreamento dos casos confirmados”, aponta.

Mortes 

Mato Grosso do Sul contabiliza 32 mortes pela doença. Nas últimas 24 horas, mais três pessoas morreram na região de Dourados. Um idoso de 80 anos, morador no distrito do Bocajá em Douradina mesmo sem comorbidades não resistiu e morreu no Hospital Evangélico. 

Outro óbito é de uma enfermeira, de 54 anos, que tinha diabetes e doença cardiovascular crônica. Ela trabalhava na farmácia do posto de saúde em Dourados e estava internada havia cerca de 10 dias no Hospital da Cassems.

A família da servidora está em isolamento e estão sendo monitorados desde do dia que ela apresentou os primeiros sintomas do coronavírus e deverão repetir o exame ainda neste final de semana, segundo informações da secretaria de saúde. 

A última vítima da doença no estado também é de Dourados e foi confirmada pela prefeitura municipal. Um homem, que ainda não teve a identidade divulgada estava internado na UTI há pelo menos 10 dias em hospital particular do município e morreu por volta das 9h deste domingo (14).

 

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!