Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Com 153 óbitos, secretário promete medidas mais duras na próxima semana

MS registrou 708 casos novos da Covid-19 e 7 mortes nas últimas 24 horas
11/07/2020 11:34 - Daiany Albuquerque


 

Mato Grosso do Sul chegou aos 153 óbitos pela Covid-19 neste sábado (11). Apenas nas últimas 24 horas o Estado teve a confirmação de mais 708 casos da doença. Por conta desse aumento exponencial, tanto de episódios, quando de mortes, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, prometeu medidas mais duras a partir da próxima semana.

O boletim epidemiológico apresentado hoje pela Secretaria de Estado de Saúde apresentou 708 casos novos da doença e mais 7 mortes. Com isso o Estado chegou as 12.969 confirmações da doença, com 153 óbitos. Entre os casos novos, Campo Grande é responsável pela maior parte, 282 episódios, Dourados teve 99.

As 7 mortes confirmadas pelo boletim são de pacientes do sexo masculino, de Sidrolândia (de 74 anos), Mundo Novo (66 anos), Camapuã (25 anos), Campo Grande (74 anos), Aparecida do Taboado (72), Dourados (69) e Rio Brilhante (55). Todos tinham algum tipo de comorbidade.

Durante a apresentação dos dados, Resende afirmou que o Estado está entre as nove unidades da federação com maior crescimento de casos e também de mortes, por conta disso, medidas deverão ser tomadas na próxima semana.

“Para cessar esse crescimento, para evitarmos mortes, e aqui a determinação é firme do governo do Estado e da Secretaria de Saúde, nós não vamos abdicar da vida das pessoas, nos haveremos de, na próxima semana, anunciar medidas duras que certamente vamos encontrar o respaldo dos prefeitos e das prefeitas que querem preservar vidas aqui no nosso Mato Grosso do Sul”, declarou o secretário.

Dados do boletim mostram que mais duas cidades do Estado tiveram casos confirmados da doença, assim, Mato Grosso do Sul chega a 75 municípios com casos confirmados do novo coronavírus, 95% dos 79 existentes. Jaraguari e Antônio João tiveram episódios confirmados.

Os dados de internação também cresceram neste sábado, agora são 283 pessoas internadas em Mato Grosso do Sul, mais quatro residentes do Estado que ocupam leitos em outras unidades da federação. Do total de pacientes aqui, 9 são de outros estados.

A maior ocupação está na rede pública, que tem 73 pacientes internados em leitos clínicos e 85 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Outros 78 estão em leitos clínicos privados e 43 em UTIs da rede paga.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.