Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Com 68% de ocupação, Corumbá vai criar mais 10 leitos

Ala da Santa Casa está passando por reforma e deve ser entregue nos próximos 20 dias
18/07/2020 13:03 - Gabrielle Tavares


Uma ala na Santa Casa de Corumbá está sendo reformada para se tornar uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que, inicialmente, será destinada aos pacientes da Covid-19 da cidade. Segundo a prefeitura, serão 10 leitos de UTI que poderão ser ampliados de acordo com a necessidade. A estrutura deverá ser entregue nos próximos 20 dias.  

A nova Unidade de Terapia Intensiva fica ao lado do Centro de Referência e Triagem para Doenças Respiratórias de Corumbá, que começou a funcionar na sexta-feira (18), e será totalmente integrado ao local.

“Estamos concentrando todo atendimento aos pacientes com sintomas gripais e síndrome respiratória aguda nesta parte da Santa Casa, e desta forma vamos evitar que o vírus possa circular por outras áreas do hospital”, explicou o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite.

De acordo com o boletim epidemiológico deste sábado (18), a macrorregião de Corumbá está com 68% dos leitos ocupados. A cidade tem 709 pacientes que tem ou tiveram a doença e 20 óbitos.

O diretor-presidente da Junta Interventora da Santa Casa, Eduardo Iunes, explicou que a unidade em readequação estrutural vai receber os pacientes que atualmente estão internados em outro setor do hospital.

“Esses leitos de UTI já existem e até já foram homologados pelo Ministério da Saúde. Eles serão transferidos para cá, um espaço bem mais adequado e com toda estrutura necessária para pacientes e profissionais de saúde”, afirmou Eduardo.

 
 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.