Clique aqui e veja as últimas notícias!

MATO GROSSO DO SUL

Com mais de 70 mil casos, governo aumenta investimentos contra dengue

Reinaldo Azambuja diz que é preciso sintonia na guerra contra o mosquito da Dengue
25/11/2020 16:34 - Da Redação


Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, realizou hoje (25) a entrega de 420 equipamentos de combate ao mosquito Aedes aegypti, e destacou que é necessário ter sintonia entre a sociedade e o poder público na guerra contra o inseto transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

“O mosquito transmissor está dentro das casas. 80% dos criadouros ficam nas residências. Se tivermos essa efetividade de fazer a pulverização para diminuir incidência com cuidado dentro de casa, em olhar acúmulo de água no vasinho de planta, na garrafa no fundo do quintal e em outros locais, vamos ter um grande resultado positivo para nós mesmos”, disse o governador Reinaldo Azambuja.

Acompanhe as últimas notícias

De acordo com o último boletim epidemiológico da doença divulgado pela SES, já foram confirmadas 42 mortes por dengue e 71.054 casos notificados somente neste ano no estado. 

Mato Grosso do Sul hoje tem a segunda maior incidência de Dengue no Brasil, perdendo só para o Paraná.

As entregas iniciaram hoje por Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas - em evento restrito por causa da pandemia de coronavírus. Os demais municípios irão receber os equipamentos ao longo dos próximos dias.

O secretário de estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, também participou da entrega, e destacou ser um momento importante no combate a doença. 

“Esse é um ato simbólico e muito especial. São 420 máquinas novas sendo algumas cedidas e outras emprestadas aos municípios por um período de tempo para o combate à Dengue, Chikungunya e Zika. Nós queremos diminuir essa incidência dessas doenças em Mato Grosso do Sul”.

No início da semana, o Ministério da Saúde lançou a campanha “Combater o mosquito é com você, comigo, com todo mundo”. 

Na primeira fase, a ação irá alertar sobre a importância do cuidado aos locais que podem acumular água. Já a segunda informa os sintomas e as formas corretas de tratar a dengue, a Zika e a chikungunya.