Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PROCURA

Com passagem para MS, suspeito de Covid-19 morre em SP

Sem contato de conhecidos, hospital que o atendeu busca família para entregar o corpo
06/04/2020 08:39 - Daiany Albuquerque


 

O caminhoneiro Laércio Vitorino dos Santos, de 75 anos, morreu na tarde de domingo (5) em Bauru, interior de São Paulo. Segundo o Hospital Estadual da cidade, o paciente deu entrada no sábado, já inconsciente, e faleceu no dia seguinte. Ele estava em isolamento por se tratar de um caso suspeito da Covid-19, o novo coronavírus, segundo informações do Serviço Social do hospital. A primeira informação foi que ele seria natural de Campo Grande, mas o hospital conseguiu confirmar que, na verdade, ele era de Palmital (SP).

De acordo com o hospital, o idoso foi encontrado caído na rua, já desmaiado, por uma equipe do Samu, que o encaminhou para o hospital. As únicas informações que a unidade médica tinha do paciente era que ele seria natural de Campo Grande e caminhoneiro, porque era o que constava no cadastro do Sistema Único de Saúde (SUS). Entretanto, após olhar os pertences do paciente a unidade médica encontrou o RG dele, onde constava que o homem seria do interior de São Paulo. Com ele também estava uma passagem, para o dia 22 de abril, com destino a Campo Grande.

Ainda conforme a unidade hospitalar, Laércio não tinha nenhum contato consigo de emergência que eles pudessem ligar. Durante seu tratamento ele foi mantido em isolamento por conta da suspeita, já que ele apresentava alguns sintomas característicos do novo coronavírus.

O hospital já recebeu algumas informações de cidades do interior de São Paulo sobre pessoas com esse nome, mas disse que até agora nenhuma foi conclusiva. Como ele tinha viagem marcada para  Capital Sul-mato-grossense, a unidade acredita que ele possa conhecer alguém na cidade.

Caso não encontre ninguém, o hospital afirmou que destinará o corpo para um cemitério público de Bauru. Caso alguém conheça essa pessoa, o centro médico pede para que entre em contato pelo telefone (14) 3103-7777 para falar com o Serviço Social da unidade. A mãe de Laércio se chama Isaura Gomes dos Santos e o pai Antônio Vitorino dos Santos.

 

Matéria editada às 9h para acréscimo de informação.

 
 

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.