Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Com serviços suspensos, Solurb demite mais de 200 funcionários

Concessionária disse que colaborares dispensados faziam serviços de varrição e limpeza de áreas públicas
22/04/2020 18:06 - Glaucea Vaccari


 

Concessionária CG Solurb demitiu, nesta segunda-feira (22), mais de 200 colaboradores, que estavam lotados nas atividades de varrição, conservação e manutenção de avenidas, áreas verdes, praças e parques. Conforme a concessionária, medida foi tomada devido à suspensão dos serviços por conta da pandemia do coronavírus.  

Em nota, a Solurb afirma que houve diminuição na área de abrangência e frequência dos serviços e não há previsão de retomada destas atividades, o que motivou a demissão.  

“Salientamos que todos os esforços foram tomados, em vista de garantir o emprego destes colaboradores,  no entanto não possuindo por parte da Prefeitura Municipal de Campo Grande uma previsão de retomada destes serviços, na mesma abrangência que vinha ocorrendo antes da pandemia do Covid-19, ou seja, momentaneamente não nos restou outra alternativa”, diz a nota.

Por conta do risco de propagação do coronavírus, foram suspensos, no dia 23 de março, serviços de coleta seletiva, varrição de ruas, pintura de meio-fio, capina e roçada em Campo Grande. A coleta de resíduos domiciliares, por se tratar de serviço essencial, foi mantida.

Trabalho de triagem dos resíduos na Unidade de Tratamento de Resíduos (UTR) também já havia sido suspenso anteriormente, devido a informação de infectologistas e autoridades da área de que o coronavírus sobrevive por horas e até dias em materiais como papel, papelão e plástico, situação que coloca em risco a saúde dos colaboradores.

Serviços de coleta domiciliares, essenciais à cidade, têm a programação e frequência mantidas, mas poderá sofrer alterações no horário para evitar aglomeração de colaboradores, estes estão deixando a sede da empresa nos caminhões de coleta em horários distintos, em mais de um turno.

 

Felpuda


Candidato a prefeito de cidade do interior foi buscar “inspiração” para elaborar seu programa de governo.

Assim, não se fez de rogado em beber da fonte de prefeito que tenta a reeleição em município da Bahia.

O dito-cujo cá dessas bandas copiou as propostas e vinha as apresentando como sendo de sua autoria.

A população já descobriu o plágio e ainda aguarda uma explicação.

Se não houver, as urnas certamente a darão.