Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FLEXIBILIZAÇÃO

Comércio abre segunda; shoppings, academias e feiras continuam fechados

Prefeitura colocará 1,5 mil agentes de saúde para fiscalizar comércio
03/04/2020 18:36 - Adriel Mattos, Súzan Benites


 

O prefeito de Campo Grande Marcos Trad (PSD) disse durante transmissão ao vivo nas redes sociais nesta sexta-feira (3) que os comércios da Capital serão fiscalizados com a ajuda de 1,5 mil agentes de saúde. O decreto com as regras de biossegurança que condicionam a reabertura do comércio na segunda-feira (6)  deve ser publicado ainda hoje.

O comércio reabre na próxima segunda-feira com horário de funcionamento entre 9h e 16h30. Serviços de saúde voltam imediatamente, shoppings, casas noturnas, rodoviária, camelódromo, academias, barbearias e feiras livres permanecem fechados.

De acordo com o prefeito, todos precisam compartilhar a responsabilidade neste momento. “Ninguém está para quebrar ninguém. Estamos aqui para ajudar, não é hora de política. Vamos exigir o cumprimento das novas regras. Estamos chamando todos os 1,5 mil agentes, sejam comunitários ou de endemias, para fiscalizar o comércio da nossa cidade”.

Como o Correio do Estado já havia adiantado nesta semana, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) fez um levantamento para determinar a sequência de retomada das atividades. “Cada atividade comercial teve uma pontuação. O que o grupo de estudo fez? Eles pontuaram todas as atividades regulamentadas na prefeitura que atendem o público. Um exemplo muito claro: atividades imobiliárias, a pontuação é de 4. No item 4, você vê todo o regramento, e assim por conseguinte. A parte da educação, arte, cultura, outras atividades de serviço, comércio por atacado, todas elas estão devidamente classificadas”, explicou Trad.

Sobre as medidas de prevenção valem as regras gerais como disponibilização de álcool em gel, higienização do local, distância de 1,5 m e evitar aglomerações. “Dentro do comércio, funcionamento com lotação de 30% da capacidade, observando as regras de distanciamento. Recomenda-se ajuste de turnos de trabalho para minimizar número de pessoas circulando", destacou o prefeito.

Trad ainda reforçou que a permanência de funcionários de mais de 60 anos, gestantes, com sintomas da Covid-19, portadores de imunodeficiência, transplantados e outras comorbidades, está proibida. “Todos eles têm que ser afastados sem prejuízo aos seus salários”.

REVISÃO DE FISCALIZAÇÃO

O prefeito de Campo Grande ainda destacou que os números de pessoas com coronavírus serão monitorados para que as atividades continuem funcionando. “Vamos diariamente monitorar os números, e se a gente detectar aumento do número de casos, não vamos esperar morrer. Se houver crescente, vamos chamar novamente aqueles que fizeram compromisso pela vida e vamos tomar uma decisão responsável”, finalizou Trad.

O secretário Luiz Eduardo Costa, da Semadur, disse que o decreto deverá ser disponibilizado nos locais. “Nosso decreto tem que estar visível para que quem ali entre, veja.É obrigatório deixar visível o decreto para funcionários também”.

Para sanar dúvidas a Semadur fará um plantão de atendimento das 8h às 18h a partir de amanhã. O telefone para contato é o 4042-1323.

 

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!