Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

AÇÃO

Conselho faz drive thru para descarte de medicamentos

Atividade será realizada na quinta e sexta-feira, das 7h20 às 12h em frente a entidade
13/05/2020 14:40 - Daiany Albuquerque


 

O Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso do Sul (CRF/MS) faz nesta quinta-feira (14) e sexta-feira (15) o 1º Drive Thru do Descarte Correto de Medicamentos, a ação ocorre das 7h20 às 12h nos dois dias. A iniciativa faz parte da conscientização sobre o uso correto de medicamentos.

“Muitas pessoas acabam guardando em casa os medicamentos que sobram de algum tratamento que fizeram. O problema disso, é que quando sentem um sintoma semelhante ao que já tiveram, faz uso do mesmo medicamento que tem guardado em casa, e pode não resolver o que a pessoa tem ou até mesmo agravar. O correto é fazer o descarte do medicamento quando acabar o tratamento, e o descarte deve ser adequado, não no lixo comum ou vaso sanitário”, explica o presidente do CRF/MS, Flávio Shinzato.

A ação será em frente à sede do Conselho em Campo Grande, localizada no cruzamento das ruas José Antônio com a Rua Rodolfo José Pinho. Também participal da ação a Oxinal Ambiental, que dará o destino correto aos medicamentos recolhidos, e a empresa Recic.LE, que participará com o recolhimento de eletrônicos – serão recebidos televisores inteiros, computadores, celulares, impressoras, telefones, calculadoras, teclados, som, entre outros, não podendo ser descartado pilhas, lâmpadas, tubo de televisão, toner de impressora ou produtos desmontados.

A ideia do drive thru é justamente para que as pessoas não precisem descer de seus veículos. Segundo o Conselho, a pessoa poderá despejar no tambor adequado conforme o que vai descartar. Uma equipe da entidade estará no local dando suporte, bem como servidores da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) para sinalizar o local. 

O Conselho pede que os motoristas que forem participar da ação estavam usando máscaras no momento do descarte. A entidade programou para junho a mesma ação em Dourados. “Outras regiões também devem entrar na programação”, afirma em nota.

A lei estadual 5180, de abril de 2018, determina que a coleta de medicamentos vencidos é obrigatória em todas as farmácias e drogarias. Os empreendimentos devem manter recipientes para coleta ou descarte de medicamentos, cosméticos e insumos farmacêuticos deteriorados ou com prazo de validade expirado, a disposição dos clientes.

 

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!