Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Treinamento contra coronavírus passa a ser obrigatório em MS

Portaria do Hospital Regional também prevê intensificar monitoramento da higienização
23/03/2020 15:46 - Natalia Yahn


 

Servidores, colaboradores e estudantes do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, na Capital, passam a ser obrigados a realizar treinamento que será oferecido pelo Comitê Operativo de Emergência do Coronavírus/HRMS. A decisão consta em portaria publicada hoje pela diretora-presidente da unidade, Rosana Leite de Melo.

De acordo com a publicação, o treinamento terá ênfase nas respectivas áreas de cada servidor. Essa é apenas uma das várias determinações que consta no documento.

A portaria determina também a intensificação do acompanhamento e monitoramento da frequência da limpeza dos banheiros, elevadores, corrimãos e maçanetas do Hospital Regional, além de providenciar a disponibilidade de álcool gel nas áreas de circulação e no acesso a salas de reuniões e gabinetes.

Estudantes, residentes, colaboradores e servidores que apresentarem sintomas da doença como febre, tosse, coriza e dificuldade para respira deverão procurar um serviço de saúde imediatamente ou contatar a Central de Atendimento ao Servidor criada pelo Comitê Operativo de Emergência Coronavírus/HRMS e aqueles que estão retornando de viagens internacionais e de estados com transmissão comunitária deverão executar as atividades remotamente até o 14º dia a partir do seu retorno. Não haverá qualquer prejuízo na remuneração do servidor que executar suas atividades a distância.

Viagens nacionais e internacionais a serviço programadas ficarão cancelas enquanto perdurar o estado de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da Covid- 19 (doença causada pelo novo coronavírus).

De forma excepcional, não será exigido o comparecimento físico para perícia médica ou entrega de documento original daqueles que forem diagnosticados como caso suspeito ou confirmado e receberem atestado médico externo. O servidor ou estudante deverá fazer requerimento on-line e anexar o documento e encaminhar à Diretoria Administrativa ou à Diretoria de Ensino, Pesquisa e Qualidade Institucional.

A portaria é uma das medidas temporárias tomadas em âmbito da administração estadual para conter a pandemia em território sul-mato-grossense. Entre as decisões do Governo de Mato Grosso do Sul estão ainda o Regime Excepcional de Teletrabalho (home office), processo seletivo para contratação de mais profissionais de saúde, contratação de 207 leitos hospitalares, distribuição de 80 mil litros de álcool 70% (que vai começar nesta semana), suspensão das aulas, suspensão das férias de bombeiros e profissionais de saúde, compra emergencial de kits para fazer teste da doença e suspensão de cirurgias eletivas, entre outras.

Mato Grosso do Sul tem 21 casos confirmados de coronavírus (Covid-19) e 50 suspeitos, de acordo com o último boletim, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde no domingo (22). Nenhuma morte foi registrada no Estado por conta da doença. (Com assessoria)

 

Felpuda


Devidamente identificadas as figurinhas que agiram “na sombra” em clara tentativa de prejudicar cabeça coroada. Neste segundo semestre, os primeiros sinais começarão a ser notados como reação e “troco” de quem foi atingido. Nos bastidores, o que se ouve é que haverá choro e ranger de dentes e que quem pretendia avançar encontrará tantos, mas tantos empecilhos, que recuar será sua única opção na jornada política. Como diz o dito popular: “Quem muito quer...”.