Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CARNAVAL

Corumbá espera público recorde nos desfiles

Escolas de samba entram na avenida domingo e segunda-feira
22/02/2020 10:38 - Natalia Yahn


 

Com expectativa de público recorde este ano, o Carnaval de Corumbá - município a 420 quilômetros de Campo Grande - já está a todo vapor na cidade pantaneira. Nos barracões das escolas de samba as fantasias estão em finalização para o desfile que ocorrerá no domingo (23) e segunda-feira (24). Ontem o maior bloco, Cibalena, desfilou na Avenida General Rondon, reunindo aproximadamente 30 mil foliões.

O ensaio técnico das escolas de samba, que ocorreu no domingo (16), foi um termômetro para o Carnaval da cidade, que é considerado o maior de Mato Grosso do Sul. Mais de 10 mil pessoas foram para o circuito do samba aplaudir sua escola de coração deixando os carnavalescos animados. “Nunca tivemos um público como esse em um ensaio, a cidade voltou a se empolgar com o Carnaval, mesmo nessa crise que vivemos”, disse Zezinho Martins, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco).

O carnaval corumbaense tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura, com a liberação de R$ 700 mil, distribuídos entre as escolas de samba, blocos e a prefeitura. O investimento total na folia pantaneira é de R$ 3,5 milhões, segundo a prefeitura, que estima um retorno financeiro para a cidade com a movimentação da cadeia produtiva, de R$ 13 milhões. A rede hoteleira está lotada por foliões brasileiros e bolivianos.

FANTASIAS

Além do Cibalena, desceu a avenida ontem o bloco independente Sem Limite na Folia. Na quinta-feira, a principal atração foi o Bloco Chupeta, que levou maior público para as ruas em anos anteriores. 

A 39ª edição do Desfile de Fantasias foi realizada na quinta-feira (20), no Clube Corumbaense, com 22 participantes. O evento, que já foi mais concorrido no Brasil no passado, resgatou a magia dos antigos carnavais. Valdir Gomes com a fantasia “Pássaro de Fogo”, Fernanda Vanucci com “Crepúsculo de uma Era” e Adão Barbosa (Adãozinho) com “O Mundo Místico da Cor Púrpura” desfilaram como Hors Concours (sem competir com os demais).

No quesito "originalidade" o vencedor foi Carlos Flores, com a fantasia “Zumba o Último da Tribo de Kizomba”, que somou 241 pontos. A vencedora do Luxo Feminino foi “O Pássaro de Fogo Imortal – A Fênix”, apresentada na passarela por Rebeca D’Albine, que obteve 248,8 pontos. “O Reino Encantado do Beija-Flor”, de Douglas Marques de Melo foi a campeã da categoria Luxo Especial, com 240,8 pontos. Luciano Pereira Alves venceu no Luxo Masculino com a fantasia “Allikan Senhor dos Mistérios, Magia e Encantamentos”, que conquistou 235 pontos. (Com assessoria)

 

Felpuda


Nos bastidores, conversas, ou melhor, quase sussurros, dão conta de que compromisso assumido teria prazo de validade se acontecer a vitória de aliado.

A partir de então, o papo passaria a ser bem, mas bem diferente mesmo, pois, com acordo cumprido, novos objetivos passariam a ser fonte dos desejos, e sem nenhuma moeda de troca.

No caso, não haveria mais sequer um fio de bigode. Tipo, cada um na sua.