Clique aqui e veja as últimas notícias!

TEMPO

Um verão em meio ao inverno: Corumbá marca 33,8ºC às 5 horas desta terça-feira

Corumbá teve a maior temperatura do Brasil e do ano nesta segunda-feira, aponta meteorologista
21/09/2021 10:16 - Naiara Camargo


Os termômetros marcaram 33,8ºC às 5 horas desta terça-feira (21) no município de Corumbá, cidade localizada a 416km de Campo Grande, de acordo com o meteorologista Natálio Abrahão. 

A temperatura máxima deve bater os 40ºC nesta terça-feira (21) em Corumbá, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia.

A temperatura alcançou os 43,9ºC na tarde desta segunda-feira (20) na Cidade Branca, com umidade relativa do ar em 9%.

Últimas notícias

“Corumbrasa: isso é Corumbá...festejando o calor. Portanto, vocês estão copa a taça de fogo nas mãos. Aí é a porta de fogo”, expressa Abrahão.

Em recorde atrás de recorde, Corumbá teve a maior temperatura do Brasil e do ano neste domingo (19) e segunda-feira (20), com temperaturas em 40,6ºC e 43,9ºC, respectivamente, de acordo com Abrahão.

Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, 36 cidades registraram temperaturas acima de 40ºC nesta segunda, segundo Abrahão. O número sobe para 39 municípios com termômetros acima dos 37ºC.

Água Clara (43,2ºC), Três Lagoas (43,1ºC); Coxim (42,4ºC); Ribas do Rio Pardo (41,6ºC); Santa Rita do Pardo (41,6ºC); Rio Brilhante (41,6ºC), Aparecida do Taboado (41,5ºC), Bonito (41,4ºC), Jardim (41,2ºC) e Cassilândia (41,1ºC) são algumas das cidades mais quentes do Estado desta segunda.

Mato Grosso do Sul se assemelha ao clima desértico em plena estação de inverno. A umidade relativa do ar atinge níveis críticos em Mato Grosso do Sul, com índices semelhantes ao deserto. 

O ideal é de 60% ou mais, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

As características que comparam Mato Grosso do Sul com o clima desértico é o baixo índice pluviométrico, clima quente e baixíssima umidade relativa do ar, com índices próximos a 10%.

A umidade relativa do ar se aproximou ao clima desértico nesta segunda-feira (20) em algumas cidades de Mato Grosso do Sul, como Coxim (8%), Corumbá (9%); Água Clara (9%); Três Lagoas (10%); Cassilândia (10%); Costa Rica (10%); Campo Grande (10%) e Aparecida do Taboado (10%).

O tempo seco, estiagem, baixo índice pluviométrico, baixa umidade relativa do ar e altas temperaturas são características da estação de inverno.

De acordo com Abrahão, a estação de inverno contribui para a ocorrência de queimadas no Pantanal sul-mato-grossense pois o fogo favorece o espalhamento do fogo em zonas rurais. 

O inverno se despede às 15h21min desta quarta-feira (22) em Mato Grosso do Sul e dá boas-vindas à estação das flores: primavera.