Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

CLIMA

Corumbá segue entre as cidades mais quentes do Brasil mesmo com melhoras em MS

Campo Grande deve ver mais chuvas esta semana e clima mais aprazível, aponta previsão
11/10/2020 09:30 - Rodrigo Almeida


Com todas as boas notícias de amenização da crise climática, Corumbá segue entre as cidades mais quentes do país. De acordo com dados do IBAMA, o município é o mais atingido pelos incêndios no Brasil, e neste sábado marcou a 14ª temperatura mais alta do país.

A Cidade Branca foi a única do estado na lista das temperaturas mais altas, com mediação de 40,8°C. Diferente do que vimos durante a semana, quando as temperaturas máximas recorde medidas chegaram a colocar oito cidades de Mato Grosso do Sul na lista.

De acordo com o Instituo Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas devem continuar altas por lá. Neste domingo (11), há previsão de chuvas isoladas e máxima de 41°C.

Na segunda, feriado da padroeira do Brasil, a máxima está na casa do 44°C. Na terça-feira uma pequena queda para 43°C e possibilidade mais alta de chuva somente a partir de quarta-feira, quando a temperatura máxima deve chegar a 41°C.

Água Clara bateu recorde de máxima mais alta já medida no estado com 44,6ºC, Campo Grande registrou a temperatura mais alta já medida na cidade com 41ºC, mas a tendência é que a semana que se inicia será bem mais tranquila. É o que diz a previsão do Inmet.

A máxima para os próximos cinco dias na Capital deve ficar em 36°C exceto na terça-feira (13), que deve chegar até 37°C. Apesar do clima mais suportável, a chuva está prevista apenas a partir de quarta-feira também.

Os alertas de onda de calor com perigo de morte por hipertermia, baixa umidade relativa do ar e sensação térmica beirando os 50°C observados na última semana não devem voltar para a semana. Ainda bem!

 
 

Felpuda


Ex-petista de quatro costados, que acabou se aboletando em outro partido já há algum tempo, decidiu se submeter mais uma vez às urnas na tentativa de voltar a comandar cidade do interior de Mato Grosso do Sul. O eleitorado não botou fé e decidiu reeleger o atual prefeito.

Agora, há quem diga que o dito-cujo, que é fã de Carnaval, já pode ir preparando sua fantasia: “palhaço das perdidas ilusões”. Ô maldade!