Clique aqui e veja as últimas notícias!

CORONAVÍRUS

Mulheres são mais infectadas, mas homens morrem mais de Covid-19 em MS

Infectologista diz que homens cuidam menos da saúde e comorbidades acarretam em letalidade maior
09/01/2021 14:32 - Glaucea Vaccari


As mulheres são mais contaminadas por Covid-19 em Mato Grosso do Sul, mas os homens são os que mais morrem pela doença no Estado.

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde, desde o início da pandemia e até a última quinta-feira (7), 73.975 mulheres testaram positivo para o coronavírus, o que representa 52,7%, contra 64.488 homens, que somam 47,3% dos casos.

Últimas notícias

No entanto, quando se contabiliza as óbitos, dados apontam que, mesmo sendo minoria dos contaminados, os homens morrem mais.

Das mortes por Covid-19 no Estado, 1.382 são homens (55,6%) e 1.104 são mulheres (44,4).

Segundo o médico infectologista, professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e pesquisador associado a Fiocruz, Rivaldo Venâncio, além de outros fatores, há comprovações científicas de que a Covid-19 tenha ligações com questões hormonais.

“Os homens são mais acometidos porque não cuidam da saúde em relação as mulheres e demoram a procurar o serviço de saúde. Geralmente, utilizam-se de tabagismo o que já é um agravante, bebem mais e, por consequência, apresentam problemas hepáticos, e possuem outras comorbidades como o diabetes”, explicou.

Nas últimas 24 horas, foram registradas 14 mortes, sendo cinco mulheres e nove homens.

Com relação a faixa etária, maioria das pessoas infectadas tem entre 20 a 49 anos de idade.

De acordo com o infectologista, esse dado é explicado pelo fato dessa faixa etária ser a que mais se expõe ao vírus.

“É uma faixa etária que representa a maior parte da população ativa, são pessoas que saem para trabalhar e precisam utilizar o transporte público”, disse.

Venâncio acrescentou que as aglomerações também motivam os altos índices de infecção.

“Quanto aos mais jovens, muitos trabalham e outros se expõem em momentos de lazer”, completou.

No entanto, as mortes também ocorrem com maior predominância entre os mais velhos.

No boletim divulgado neste sábado, vítimas tinham idade entre 62 e 87 anos, todos com fatores de risco e comorbidades.

Mato Grosso do Sul contabiliza 142.765 casos confirmados desde o início da pandemia. Deste total, 127.813 já estão recuperados, 11.838 estão em isolamento domiciliar e 589 estão internados.

A Covid-19 já matou 2.525 pessoas no Estado. Taxa de letalidade é de 1,8%.

Secretaria Estadual de Saúde pede que a população mantenha as regras de biossegurança, especialmente o uso de máscara, distanciamento físico e higienização das mãos.