Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Comissão vai avaliar comemorações do aniversário de Campo Grande em meio à pandemia

Primeira-dama e vice-prefeita vão liderar grupo que determinará viabilidade de eventos neste mês
04/08/2020 10:46 - Adriel Mattos


A prefeitura de Campo Grande criou um grupo de trabalho para avaliar como será comemorado o aniversário de emancipação da cidade, em 26 de agosto, em meio à pandemia de Covid-19.

O decreto foi publicado na edição desta terça-feira (4) do Diário Oficial da Capital (Diogrande). Caberá à comissão planejar qualquer atividade respeitando normas de biossegurança.

O grupo terá como presidente a primeira-dama Tatiana Trad e como segunda no comando a vice-prefeita Adriane Lopes (Patriota). Como coordenadores, há membros do cerimonial e do Gabinete do Prefeito (Gapre), Marcos Trad (PSD).

Cada secretaria, subsecretaria e autarquia indicou um representante. Os subprefeitos dos distritos também farão parte do grupo.

O Correio do Estado procurou o prefeito para detalhar quais seriam os planos para as comemorações, mas ele não atendeu às ligações da reportagem.

 
 

DADOS

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul considera a Capital como epicentro da pandemia desde o mês passado.

Até ontem, segunda-feira (3), Campo Grande havia registrado 10.683 casos e 147 mortes. A macrorregião campo-grandense está com 90% dos leitos ocupados.

Desse total, 44% dos pacientes estão internados com outras doenças, 39% testaram positivo para a Covid-19 e 7% estão com suspeita.

 

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!