Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ASSISTÊNCIA IN LOCO

Defensoria Pública de MS retomará atendimentos presenciais a partir da próxima segunda

Com 30% da capacidade diária de assistências, agendamento deverá ser feito exclusivamente por telefone ou pelo portal
01/10/2020 17:55 - Rodrigo Almeida


A partir da próxima segunda-feira (5), a Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul voltará a atender presencialmente com 30% da capacidade. Segundo a assessoria de imprensa, os agendamentos serão feitos apenas por telefone e pelo site do órgão.

De acordo com o defensor público-geral, Fabio Rogério Rombi, “é importante lembrar isso porque os atendimentos serão feitos na sede, mas não faremos nenhum tipo de agendamento físico em Campo Grande”.

Ele explica que a estrutura não tem condições de prestar o serviço de agendamento presencial e assegurar o cumprimento do limite. Portanto, só é possível ser direcionado a um defensor com agendamento prévio, “só será liberado acesso ao prédio com hora marcada”, enfatiza.

A Defensoria atende desde o dia 17 de março por telefone. Com o desenrolar do estado de emergência, o defensor relata que foi tomada a iniciativa de desenvolver um método de atendimento online, uma plataforma digital que está no ar desde maio.

Para o defensor público-geral a pandemia empurrou a defensoria para esse rumo. “Antes não havia ideia de fornecer esse tipo de atendimento. Agora, que conseguimos implantar com urgência e, vimos que o serviço agradou, vamos continuar com ele após o estado de exceção”.

Além disso, ele explica que a situação só é possível porque o estado vem apresentando números descendentes em relação à pandemia. “Estamos levando em consideração o programa do Governo do Estado, o Prosseguir, então a cada duas semanas será revisto a decisão que estamos tomando agora”.

Fábio Rombi prossegue dizendo que “assim como podemos voltar para o regime remoto caso a situação piore no estado, podemos também passar a 50% de atendimentos se Campo Grande atingir a bandeira verde no Prosseguir”, elucida.

O programa do Governo do Estado, que ranqueia as cidades por diversos indicadores de risco de propagação da Covid-19, foi usado como base. 

Atualmente, a Capital está na faixa amarela, caso entre na faixa verde, o número de atendimentos presenciais atingirá a marca referida pelo defensor.

Utilizando os mesmos critérios, a Defensoria decidiu, por ora, que os seguintes municípios sem atendimentos presenciais são: Amambai, Anastácio, Bela Vista, Dourados, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Ponta Porã, Porto Murtinho, Sete Quedas e Terenos.

Mais Informações

Em caso de dúvida é possível ligar para: 129 (número especial da Defensoria Pública); Para acessar o portal de atendimento clique aqui. 

 
 

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.