Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

20%

Defesa Civil alerta para baixa umidade em MS, em índice prejudicial à saúde

Índices devem ficar em torno de 20%, considerado estado de alerta
18/04/2020 12:57 - Glaucea Vaccari


 

Frente fria que passou por Mato Grosso do Sul se afasta e os próximos dias devem ser tempo ensolarado, com poucas nuvens. Preocupação é por conta dos baixos índices de umidade relativa do ar, que devem ficar em torno de 20%, considerado estado de alerta pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e podem agravar problemas respiratórios.

Conforme o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul (Cemtec), até o domingo (19), madrugada ainda deve ser fria, mas tempetarura se eleva ao longo do dia, com variação estimada entre 16°C e 36°C. Há possibilidade de chuvas apenas na região do bolsão.

Tempo deve ser seco, com umidade em índices muito baixos. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um nível considerado aceitável deve estar acima de 30%, abaixo disso já é prejudicial a saúde, podendo causar complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressacamento de mucosas, sangramento pelo nariz, ressecamento da pele, irritação nos olhos, eletricidade estática nas pessoas e equipamentos eletrônicos e aumento potencial de incêndios em pastagens e florestas.  

Defesa Civil emitiu alerta, onde orienta que a população sul-mato-grossense beba bastante líquido, evite desgaste físico nas horas mais secas, especialmente no período da tarde, e umidifique ambientes através de vaporizantes, toalhas molhadas e recipientes com água.

Também é recomendado evitar exposição ao sol, usar soro fisiológico nos olhos e narinas e evitar aglomerações em ambientes fechados.  

 

Felpuda


Embora embalada por vários “ex”, pré-candidatura a prefeito de esforçada figura não deslancha. É claro que ninguém ousa falar em voz alta que o apoio, em vez de alavancar os índices com o eleitorado, está é puxando para baixo. Uns dizem que o título do filme “Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado” retrata bem a situação. Outros complementam: “... na primavera, no outono, no inverno...”. Como diria vovó: “Aqui você planta, aqui você colhe!”.