Clique aqui e veja as últimas notícias!

CHUVAS FORTES

Defesa Civil inicia procedimentos para reconhecer situação de emergência em Corguinho

Com a medida, o município poderá receber apoio estadual e federal para recuperação dos danos causados pela chuva
19/02/2021 13:30 - Rafaela Moreira


Equipes da Defesa Civil de Mato Grosso do Sul foram enviadas ao município de Corguinho nesta sexta-feira (19), para avaliar os estragos causados pela chuva intensa que deixou mais de 250 pessoas isoladas. Além disso, será realizada avaliação para o Estado também decretar situação de emergência na cidade.

Devido a chuva intensa registrada nos últimos dias no Estado, o nível dos rios chegou a atingir 1,5 metros acima da altura das pontes no município, o que levou ao rompimento de pontes no município.

O objetivo da visita é para levantar danos, prejuízos e informações complementares para que a partir do reconhecimento da situação de emergência pelo Estado, o município receba apoio estadual e federal para se recuperar.

Além de inundar casas e deixar pessoas desabrigadas, a chuva provocou a paralisação de transportes de carga, dificultou o acesso às estradas vicinais, paralisou os serviços de saúde, o acesso ao turismo local e também prejudicou o escoamento de produtos da agricultura familiar.

Últimas Notícias

De acordo com a prefeita de Corguinho, Marcela Ribeiro Lopes (PSDB), a última atualização indica um total de 6 pontes destruídas, sendo 4 de madeira e 2 de concreto.

“A situação é crítica. Mas através da prefeitura e parcerias já demos início aos reparos emergenciais para abertura de desvios de modo a garantir o direito de ir e vir dos munícipes. Agora é esperar os procedimentos para receber o apoio do Estado que é o que vai salvar”, destacou.

Mesmo com a redução temporária das chuvas, o estrago deixado pelo grande volume das precipitações ocorridas no feriado de carnaval deixou danos materiais e ambientais na cidade e levou a prefeitura a decretar situação de emergência na tarde de ontem (18).

Na última quarta-feira (16), a prefeita havia afirmado que é estimado danos de R$ 1 milhão em toda a cidade.

Segundo o meteorologista Nathalio Abraão, os locais onde mais choveu, durante o feriado de carnaval foram Aquidauana, Dois Irmãos do Buriti, Rio Verde, Santa Rita do Pardo, Campo Grande e Corguinho. Conforme o especialista apenas a região sul do Estado segue com estiagem.

 “Faltando chuva em toda a região sul. Somente 20% do esperado. Isso acaba contribuindo para a colheita da soja”, explicou.  

Assine o Correio do Estado