Cidades

Cidades

Demolição de prédio em área central resulta em três prisões

Demolição de prédio em área central resulta em três prisões

Redação

19/03/2010 - 06h10
Continue lendo...

A prefeitura da Capital recorreu ontem ao Ministério Público, que acionou a Policia Civil, para impedir o que julgou ser a demolição de um prédio na Avenida Afonso Pena, onde durante muitos anos funcionou um supermercado, uma churrascaria e, mais recentemente, a sede de uma igreja evangélica. Foram presos dois ped rei ros e um mestre de obra que estavam trabalhando, por desobediência à ordem de embargo determinada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur). Na realidade, o prédio está sendo reformado para abrigar uma loja. O prédio, um galpão de 1.200 metros quadrados, que não tem característica arquitetônica mais específica, é um dos 100 imóveis localizados na área central definida pelo Plano Diretor como Zona de Interesse Cultural. Assim como outros prédios antigos, só pode ser reformado ou demolido depois que o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb) liberar um laudo indicando se tem ou não valor histórico. Se tiver, os proprietários ficarão impedidos de fazer qualquer mudança nas suas características arquitetônicas originais. Podem vender ou alugar. Segundo o proprietário do imóvel, Joel Dibo, o prédio foi alugado a um grupo de empresários e está sendo reformado para instalação de uma loja de utilidades domésticas. Ele garante que desconhecia a existência de alguma restrição nem tinha consciência do seu alegado valor cultural. Dibo lamenta o transtorno causado aos inquilinos. “Eu não sabia que havia este impedimento. Fico constrangido de trazer essa dor de cabeça aos inquilinos que assumiram o compromisso de recuperar o prédio, hoje numa situação precária com parte elétrica, hidráulica, forro, tudo está danificado”, admite. Desodiência De acordo com o delegado da Delegacia de Especializada de Crimes Ambientais e Proteção ao Turista (Decat), Fernando Villa de Paula, a ordem de embargo foi dada pela prefeitura na última terça-feira. Os fiscais da Semadur estiveram no local e constataram que os serviços continuaram. A secretaria denunciou ao Ministério Público, que requisitou a presença da polícia. O delegado prendeu os pedreiros Marcelo de Lima Silvestre, de 24 anos, e Ari Nunes Rocha, de 52 anos. Como eles relataram que a ordem de serviço foi dada pelo mestre de obras Neri Crukoski, de 49 anos, este também foi preso. Segundo o delegado, esta foi a primeira vez, nos quatro anos em que esteve à frente da delegacia, que a Depat atendeu a este tipo de ocorrência. “Sabemos que são trabalhadores, e só foram presos pela infração ambiental”, enfatiza. Depois de ouvidos, eles só vão ser colocados em liberdade por decisão judicial, com pagamento de fiança. Procurado pela reportagem para explicar o pedido de prisão dos trabalhadores, o secretário de Meio Ambiente, José Cristaldo, informou, através da secretária, que não poderia atender à reportagem porque estava em reunião, e até o fechamento desta edição não respondeu às ligações.

Oportunidade

HRMS abre processo seletivo para contratação de 20 enfermeiros; veja como se inscrever

O período de inscrição ocorre entre 19 a 22 de julho, o contrato inicial equivale a um ano podendo ser prorrogado

19/07/2024 17h20

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeiros

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeiros Gerson Oliveira / Correio do Estado

Continue Lendo...

"Mais 20 postos para preenchimento de vagas na enfermagem por meio de Processo Seletivo Simplificado foram abertos para atuação no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS). Conforme o edital, a duração do contrato é de 1 (um) ano.

"O período de contratação será de até 1 (um) ano, podendo ser renovado ou rescindido a qualquer tempo, na forma da Lei Estadual n. 4.135 de 15 de dezembro de 2011, e suas alterações, de acordo com as necessidades da Fundação Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul e as razões contidas neste Edital".

A publicação do processo seletivo simplificado, foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), o reforço irá complementar no efetivo do processo lançado em março deste ano em que preencheram 40 vagas.

Com o novo número de contigente a Fundação Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul (Funsau), ampliou o número de enfermeiros para 142 profissionais para atuarem no HRMS

O processo seletivo irá seguir o critério de cotas sendo 4 vagas para candidatos negros, e 1 para indígenas e pessoas com deficiência.

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeirosDivulgação Processo Seletivo

Para concorrer ao processo seletivo o cantidato deve realizar o pré-cadastro por meio do link (http://www.portaldoservidor/). O período para a inscrição será entre o dia 19 a 22 de julho.

Saiba como se inscrever

No portal do Servidor basta clicar no ícone “Pré-Cadastro Admissão”

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeirosPortal do Servidor

Na página seguinte clique em "esqueci minha senha/ Primeiro Acesso":

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeirosPortal do Servidor

Na próxima página siga os passos:

  • Selecione o Processo Seletivo Simplificado (FUNSAU/ENF/2024);
  • Preencha o número da inscrição (conforme o edital);
  • Insira o número de CPF;
  • Coloque o endereço de e-mail cadastrado no ato da inscrição;
  • Confirme as informações.

Após preencher todos os dados o candidato deve confirmar no e-mail cadastrado, e acessar novamente o Portal do Servidor, preencher os dados de acesso para inserir a documentação necessária.

  • Carteira de Identidade (RG, emitido por órgãos de Identificação dos Estados, do Distrito Federal ou dos Territórios);
  • Certidão Quitação Eleitoral, expedida pelo Tribunal Superior Eleitoral, podendo ser obtida via internet, por meio do endereço (https://www.tse.jus.br/eleitor/certidoes/certidao-de-quitacaoeleitoral);
  • Certidão de Casamento ou escritura pública de união estável;
  • Certidões de Nascimento dos filhos não emancipados, de qualquer condição, menores de 21 (vinte e um) anos ou inválidos ou que tenham deficiência intelectual, mental ou grave;
  • Certidões de Nascimento dos filhos maiores de 21 (vinte e um) anos e menores de 24 (vinte e quatro) anos, desde que estejam cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau;
  • comprovante ou declaração de residência (conta de água, luz ou telefone fixo ou a via original da declaração de próprio punho do candidato);
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (Foto e Qualificação Civil);
  • Comprovante de Qualificação Cadastral no eSocial, podendo ser obtido via internet, por meio do endereço (http://consultacadastral.inss.gov.br/Esocial/pages/index.xhtml);
  • Comprovante de quitação com as obrigações militares, quando couber;

Veja a documentação completa no Edital clicando aqui

Assine o Correio do Estado

Cidades

Fies: Lista de vagas remanescentes encerra hoje (19)

As vagas são exclusivas para estudantes já matriculados no curso, turno e local de oferta para os quais se inscreveram

19/07/2024 16h32

Fies: Lista de vagas remanescentes encerra hoje (19)

Fies: Lista de vagas remanescentes encerra hoje (19) Divulgação: GOV

Continue Lendo...

Encerra nesta sexta-feira (19), a convocação da lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A convocação é destinada às vagas remanescentes referentes ao primeiro semestre de 2024. 

As vagas são exclusivas para estudantes já matriculados no curso, turno e local de oferta para os quais se inscreveram. É requisito fundamental que os candidatos estejam cursando atualmente ou tenham cursado o último semestre com aproveitamento de pelo menos 75% das disciplinas. Candidatos podem conferir eventual pré-seleção por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

A seleção dos candidatos da lista de espera prioriza aqueles com renda familiar per capita de até meio salário-mínimo, registrados no Cadastro Único (CadÚnico) dos programas sociais do governo federal.

O Fies oferece financiamento de até 100% dos custos de cursos de graduação em instituições privadas de ensino superior.

Podem se inscrever estudantes que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, obtendo média aritmética das notas igual ou superior a 450 pontos, além de nota superior a zero na redação.

Também é necessário que a renda familiar mensal bruta por pessoa não ultrapasse três salários-mínimos.

Essa medida visa proporcionar oportunidades de acesso à educação superior para aqueles que, por motivos diversos, não conseguiram ser contemplados nas etapas regulares do Fies.

A prorrogação do prazo oferece mais tempo para que os candidatos aptos se inscrevam e concorram às vagas disponíveis, contribuindo assim para a formação acadêmica e profissional de estudantes em todo o país.

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil tem o objetivo de conceder financiamento a estudantes de cursos de graduação, em instituições de educação superior privadas aderentes ao programa e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).