Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COMBATE AO CORONAVÍRUS

Feira Central e Mercadão Municipal serão os próximos a serem descontaminados

Ação para descontaminar a 14 de Julho também está prevista
21/04/2020 17:16 - Fábio Oruê


Depois do Aeroporto Internacional e os terminais de ônibus, a Prefeitura de Campo Grande vai descontaminar a Feira Central e o Mercadão Municipal, com a ajuda de Militares da Marinha do Brasil e Exército Brasileiro. A ação começa amanhã (22), com a descontaminação do Mercadão às 18h e na Feira Central, a partir das 7h na quinta-feira (23).

Segundo informações do Comando Conjunto Oeste, 32 militares do grupamento operativo de defesa nuclear, biológica, química e radiológica estarão empenhados na ação. A descontaminação acontece no meio de maior aglomeração de pessoas, em cima de bancadas, cadeiras, mesas e banheiros e leva de 2 a 4 horas.

Além disso, as feiras de bairros também poderão ser descontaminadas de acordo com a disponibilidade das forças, informou o prefeito Marcos Trad (PSD). “Nós já encaminhamos um cronograma com as maiores feiras itinerantes da cidade para também serem descontaminados, agora estamos esperando o aval das forças, mas acredito que eles nos confirmem ainda hoje”, disse.

No decorrer da operação, ainda serão tomadas medidas protetivas no entorno do local, como isolamento e interdição de acessos, visando garantir a segurança da população e dos profissionais que participarão da atividade.

O Aeroporto Internacional de Campo Grande foi o primeiro a passar por essa descontaminação, em uma ação encomendada pela Infraero e realizada também pela Marinha e Exército. Depois todos os terminais da Capital foram descontaminados e a previsão é que amanhã seja feita uma ação de descontaminação na Avenida 14 de Julho, com bombas costais. 

 

 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...