Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TRÂNSITO

Blitz da Lei Seca flagra mais de 60 motoristas embriagados

Blitzes resultaram em 74 pessoas autuadas por infrações em Campo Grande
05/10/2020 12:03 - Gabrielle Tavares


Só neste fim de semana foram realizados 641 testes de embriaguez em Campo Grande. Desse total, 10 motoristas tiveram resultado positivo para a alcoolemia e três foram encaminhados à delegacia por apresentar nível de álcool que representava crime de trânsito.

Além disso, de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), 61 condutores foram autuados por recusa ao teste etilômetro.

Recusar o teste do bafômetro é considerado uma infração gravíssima e acarreta multa de R$ 2.934,70, com suspensão do direito de dirigir por um ano e recolhimento da carteira de habilitação.  São as mesmas penalidades de quem é pego embriagado no trânsito.  

“O trabalho em conjunto com as demais forças de trânsito tem surtido um efeito muito positivo com relação ao nosso objetivo principal, que é tirar de circulação motoristas que possam estar assumindo a direção de seus veículos sob o efeito de bebida alcoólica”, apontou o chefe de Fiscalização de Trânsito do órgão estadual, Otílio Ajala Rubem Junior.

Segundo Ajala, as operações de Lei Seca têm sido desenvolvidas em pontos aleatórios da cidade e em horários alternados.

As ações foram realizadas através de parceria entre Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPMTran ), Agência Municipal de Trânsito (Agetran ) e Guarda Civil Metropolitana (GCM ).

 
 

Felpuda


Entre sussurros, nos bastidores políticos mais fechados, os comentários são que história apregoada por aí teria sido construída para encobrir o que realmente foi engendrado em conversa que resultou em negociata. 

O script foi na base do “você finge que é assim, e nós fingimos que acreditamos”. 

Batido o martelo, a encenação prosseguiu e, conforme o combinado, deverão ser apresentados novos episódios.

Ah, o poder!