Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MODERNIZAÇÃO

Detran digitaliza documentos antigos e doa recicláveis para famílias carentes

A parceria com a instituição que atende famílias carentes, foi firmada em 2017 e até hoje o Detran já repassou mais de 114 mil quilos de papéis inservíveis
09/08/2020 09:30 - Da Redação


Com o propósito de ampliar as ações de responsabilidade sustentável e social, o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), tem realizado a digitalização de processos e documentos que ultrapassaram o limite de tempo de guarda.

Os papéis que sobram são doados para o Cotolengo Sul-Mato-Grossense, instituição que cuida de crianças e adultos com paralisia cerebral grave em Campo Grande. 

De março até julho deste ano, mais de 300 mil documentos foram digitalizados e 16 mil quilos de papéis foram doados, ajudando cerca de vinte famílias em situação de vulnerabilidade social.

Na agência do Detran em Bonito foram retiradas mais de trezentas caixas de documentos que estavam armazenadas há pelo menos dez anos. “Apenas documentos recentes foram deixados no setor, isso garante maior organização na agência”, comenta a gerente, Lorrany Pickler.

A parceria com a instituição que atende famílias carentes, foi firmada em 2017 e até hoje o Detran já repassou mais de 114 mil quilos de papéis inservíveis. “Com o valor que recebemos com a venda dos papéis recicláveis, apoiamos as famílias que a instituição abriga”, comenta o diretor-presidente do Cotolengo, Padre Valdeci Marcolino.

 
 

Para o diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, a função da instituição ultrapassa o limite de emissão de carteiras de habilitação e registros e licenciamentos de veículos. “Nós temos um compromisso com a educação de trânsito, com responsabilidade social e buscamos com isso, contribuir para a qualidade de vida das crianças que estão nessa instituição”, finaliza.

O coordenador da Comissão Setorial de Avaliação de Documentos, Wanderluiz Ribas Espíndola, explica que o tempo que cada documento fica guardado é definido pela tabela de temporalidade de documentos das atividades-meio e atividades-fim. 

“Depois de digitalizados, os papéis doados são processos de habilitação, Registro Nacional de Habilitação, Certificados de Registro de Veículo, Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo e demais inservíveis”, comenta.

Cotolengo Sul-Mato-Grossense

Em Campo Grande, o Cotolengo Sul-Mato-Grossense atende crianças com paralisia cerebral grave vindas de famílias carentes. Atualmente, pouco mais de trinta meninos e meninas com idades até 22 anos recebem atendimentos específicos como fisioterapia, nutrição, fonoaudiologia, pedagogia, terapia ocupacional, psicologia, enfermagem, entre outros voltados para proporcionar conforto e qualidade de vida aos pequeninos.

Está localizado na Rua Jamil Basmage, 996, Mata do Jacinto. Com a ajuda de voluntários, eventos são realizados todos os meses no intuito de garantir recursos para a entidade, que se mantém unicamente de doações.

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!