Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

PÁTIO ZERO

Detran vai leiloar mais de 300 veículos

300 veículos serão leiloados pelo Detran MS, os arremates podem ser feitos até 4 de agosto
20/07/2020 12:02 - Gabrielle Tavares


O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) vai realizar mais um leilão de veículos, serão oferecidos mais de 300 lotes de veículos disponíveis para arremate.

CARROS E MOTOS:

Do total, 269 são motocicletas e 31 automóveis. O encerramento está previsto para às 15h do dia 4 de agosto. 

VISITAÇÃO:

Nos dias 30, 31 de julho e 3 de agosto, quem desejar, poderá fazer a visitação presencial que será realizada no pátio do leiloeiro (Avenida Gury Marques, 7155).

O acesso será controlado, será permitido a entrada de 10 pessoas por vez, com permanência máxima de 15 minutos. Também será obrigatório o uso de máscara.

ENTREGA DOS BENS: 

Conforme a coordenadora de leilão do Detran-MS, Sandra Regina Vera Celestino, após o leilão o veículo será entregue para o arrematante após o prazo previsto em edital, mas se estiver com algum débito em outros órgãos, é necessário passar para o processo de desembaraço antes da transferência.  

“Temos uma ferramenta exclusiva para desembaraço cadastral disponível no site, onde os arrematantes podem acompanhar de casa o processo, com mais tranquilidade”, conclui. 

LEILÕES ANTERIORES: 

Em junho, o Detran arrecadou mais de 3 milhões através de cinco leilões realizados na Operação Pátio Zero. No total 2.236 motocicletas e 135 automóveis foram arrematados pelos clientes, com os dois leilões de veículos para circulação e três de sucata aproveitável.  

RENDA:

“Os valores arrecadados nos leilões do órgão serão revertidos para sociedade, em melhorias nas nossas agências e sinalização de trânsito”, frisa o diretor-presidente, Rudel Trindade.

VISITAS:

Os veículos estarão disponíveis para visitação entre 29 de maio a 3 de junho, no pátio localizado na Avenida Gury Marques, 7155, das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30.

 
 

Felpuda


A futura composição  dos 29 vereadores  em Campo Grande poderá ser diferente  da que foi oficializada, segundo o que  se tem ouvido,  com certa frequência, nas rodinhas de conversas dos meios políticos.  

Nova distribuição  das cadeiras poderá ocorrer e, assim, quem está prestes a entrar com pompa e circunstância poderá nem passar pela porta de entrada  e tomar posse de cadeira  para chamar de sua.  

O caldeirão está fervendo.