Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

Diretor da Cassems testa negativo para coronavírus e apela para isolamento

Ricardo Ayache disse que “hospital está se preparando”
21/03/2020 08:44 - Izabela Jornada


 

Diretor da Caseems, Ricardo Ayache, por estar atendendo na linha de frente os pacientes do hospital, fez teste para saber se havia se infectado com o coronavírus. “Decidi fazer, mesmo sem sintomas, para eu não precisar ir para o isolamento e ter o resultado de uma vez. E uma coisa é muito importante deixar bem claro: se isolem!”, afirmou Ayache que testou negativo para o Covid-19.

O médico cardiologista está à frente de um dos maiores hospitais do Estado e disse que teve contato com alguns pacientes suspeitos. “Nesse momento temos só um suspeito (na Cassems), mas tínhamos cinco casos”, afirmou, após reforçar que a melhor maneira de prevenção contra o coronavírus é o isolamento e o lavar das mãos constantemente.

Ayache disse também que o hospital fez o possível para atender a população, caso aconteça o surto em Campo Grande. “Temos dez leitos infantis, 20 adultos e aumentamos mais dez leitos para adultos. Suspendemos as cirurgias eletivas e fizemos uma sala de recuperação dentro do Centro Cirúrgico”, afirmou.

Como medida de prevenção, a Cassems também fez do estacionamento do local um “hospital de campanha”. “Temos três consultórios e 30 leitos de observação e recuperação”.

O hospital fica na Avenida Mato Grosso e o prédio tem seis andares, um dos andares foi totalmente isolado para receber os casos confirmados de coronavírus.

Sobre as medidas que o Ministério da Saúde anunciou, Ayache disse que está esperançoso. “Estamos caminhando bem, as medidas de isolamento que a prefeitura (de Campo Grande) tomou, que o estado (MS) tomou, e nesse momento é o que é mais importante “

 

OUTROS LOCAIS

O médico declarou também que Mato Grosso do Sul e Mato Grosso estão caminhando bem, comparado a outros locais, como Rio de Janeiro e São Paulo. “Lá (SP) é o epicentro da doença. Rio e São Paulo são as portas de entrada “, lembrou.

O último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES), divulgado nesta sexta-feira (20) confirmou 12 casos no Estado.

A questão turística também foi abordada pelo médico. “Fluxo de turistas também ajuda na disseminação do vírus”, alertou.

Por esse motivo a Prefeitura de Bonito-MS adotou medidas. Uma delas foi o funcionamento pelo prazo de 20 (vinte) dias corridos, a partir de 19 de março de 2020, de todas as escolas da Rede Municipal de Ensino, Centro de Convivência de Idosos, Centros de Referência de Assistência Social, Centro de Multiplo Uso – CMU, Ginásio de Esportes, Quadras Poliesportivas e Estádio de Futebol do município. Ficam suspensas as visitações e a comercialização dos atrativos turísticos Gruta do Lago Azul – GLA e Balneário Municipal, pelo prazo de 20 (vinte) dias corridos, a partir do dia 19 de março de 2020.

 

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.