Cidades
MUDANÇA DE LEI

Alteração legislativa deixa dois professores indígenas sem salários em aldeia de Iguatemi

Docentes estão sem pagamento desde o início do ano letivo e ameaçaram deixar o cargo

Natália Olliver

13/05/2022 16:40

O Ministério Público Federal investigou a falta de pagamento de dois professores indígenas na aldeia Pyelito Kue, território localizado no município de Iguatemi, a 470 km de Campo Grande. O procedimento administrativo foi publicado nesta quarta-feira (11). 

Os docentes estão sem pagamento desde o começo do ano letivo e ameaçaram deixar o cargo.