Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Drive-thru de Campo Grande vai parar de fazer testes rápidos

Secretário anunciou ainda novos 201 casos do novo coronavírus
18/07/2020 12:32 - Gabrielle Tavares


O drive-thru do Corpo de Bombeiros, em Campo Grande, passará a realizar somente testes RT-PCR. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, em transmissão ao vivo realizada neste sábado (18).

Resende não especificou a data em que os testes rápidos deixarão de ser realizados, mas disse que o drive-thru da escola Lúcia Martins Coelho continuará atendendo a demanda. Ele também relatou que serão disponibilizados mais testes para todos os 79 municípios do Estado.  

“E vamos trabalhar para que possamos atender em todos os turnos no drive-thru do Corpo de Bombeiros”, ressaltou o secretário. Mato Grosso do Sul tem mais 201 exames positivos para o coronavírus nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 16.006.

Boletim epidemiológico

Resende não especificou a data em que os testes rápidos deixarão de ser realizados, mas disse que o drive-thru da escola Lúcia Martins Coelho continuará atendendo a demanda. Ele também relatou que serão disponibilizados mais testes para todos os 79 municípios do Estado.  

Dos 16.006 casos confirmados, 4.858 estão em isolamento domiciliar, 10.568 estão sem sintomas e já estão recuperados e 364 estão internados, sendo 236 em hospitais públicos e 134 em hospitais privados. Oito pacientes internados são procedentes de fora do Estado.

Resende afirmou que a diminuição em relação ao número divulgado na sexta-feira (17), se deu porque os municípios estão com dificuldade de encerrar os casos. Em Campo Grande foram novos 112 casos, totalizando 5.830. Juti foi a segunda cidade com maior número de notificações, 15, o município totaliza agora 115. São Grabriel do Oeste, com mais 9 confirmações, chega a 324 diagnosticados.  

Sem novas notificações, Dourados chega a 3.716 casos. Três Lagoas, com mais 9, tem total de 475, e Corumbá, com novos 5, totaliza 709 confirmações. A taxa global de ocupação de leitos na macrorregião de Campo Grande é de 82%. Desses, 33% são de pacientes com a Covid-19, 46% sem, e 3% com suspeita.  

A macrorregião de Dourados está com 56% dos leitos ocupados, a região de Três Lagoas com 49% e a de Corumbá com 68%. São 4.939 casos sem encerramento pelos municípios atualmente, e 2.288 amostras esperam por análise no Lacen.

Mortes

Foram registrados 13 óbitos, passando para 216 mortes pela doença em Mato Grosso do Sul. Um deles, Rubens Brandão, de 90 anos, foi divulgado ontem por Resende, mas só foi registrado no boletim neste sábado.  

Em Campo Grande foram seis mortes, uma mulher de 87, sem registros de comorbidades; um homem de 100 anos, com doença cromossômica; uma mulher de 86 anos, com diabetes; uma mulher de 41 anos, com doença cardiovascular crônica e diabetes; um homem de 62 anos, com doença cardiovascular crônica; e um homem de 63 anos, também com doença cardiovascular crônica.

Em Corumbá foram dois óbitos, um homem de 60 anos, com diabetes e hipertensão; e uma mulher de 54 anos, também com diabetes e hipertensão. Em Dourados foi uma mulher de 63 anos, com diabetes e hipertensão. Em Três Lagoas, um homem de 88 anos, com doença cardiovascular crônica e hipertensão. Em Mundo Novo, uma mulher de 83 anos, também com doença cardiovascular crônica.

 
 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!