Clique aqui e veja as últimas notícias!

AVALIAÇÃO

" Lockdown tem mais resultados, mas a economia não pode ir para o buraco”, diz Resende

Secretário avaliou a antecipação de feriados e medidas de distanciamento mais intensas feitas pelo Governo do Estado no último mês
17/04/2021 14:28 - Flávio Veras, Gabrielle Tavares


O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, afirmou na manhã de hoje que houve uma pequena melhora nos níveis de internações e mortes, devido às medidas restritivas adotadas pelo Governo do Estado no último mês de março.  

Porém, devido a nova variante do novo coronavírus (Covid-19), a P1 - no qual tem um grau de contagiosidade maior e mais agressivo -, o número de mortes e internações não tiveram uma queda satisfatória.  

Teve uma pequena melhora, com curva de decênio, mesmo que muito tênue. Mesmo que muito pequena, esse resultado é louvável. Estamos enfrentando índices de óbitos muito expressivos pelo tamanho do estado, devido a presença da P1. Essa variante é mais agressiva, com grau de contagiosidade maior, carga viral muito maior, o que está matando pessoas mais jovens”, analisou.

Últimas Notícias

O secretário afirmou também que medidas mais duras e prolongadas trariam resultados mais eficazes para a decência do número de contágios e mortes. No entanto, a economia não pode sofrer.  

“Se as medidas fossem mais duras, nós teríamos resultados melhores. Infelizmente teremos que se adequar e se moldar para as circunstâncias do momento, não podemos levar a economia para o buraco também”, revelou.