Clique aqui e veja as últimas notícias!

PERDA PARA A EDUCAÇÃO

Educadora homenageada no Dia do Professor morre de COVID-19

"Tia Claudinéia" atuou na educação infantil por 53 anos
18/12/2020 18:40 - Brenda Machado, Da Redação


 

Após anos de amor e empenho à Educação de parte dos campo grandenses, que hoje ajudam no crescimento da cidade, faleceu, na tarde desta sexta-feira (18), a professora Claudinéia Amorim Barbosa, de 73 anos

A educadora, que havia sido homenageada pelo Correio do Estado no Dia Dos Professores, deste ano, foi mais uma das vítimas da Covid-19.

Últimas Notícias

Hoje pela manhã, em contato com parantes e amigos, a filha de Claudinéia havia falado sobre a piora no estado de saúde da mãe.

Segundo ela, a equipe médica da Santa Casa de Campo Grande, onde a educadora estava internada na UTI Covid, estava envolvida na realização de exames para diagnosticar a possível morte cerebral.

Na mensagem, a filha disse "Enquanto existir um fio de vida nós vamos continuar nas nossas orações, pedindo um milagre, pedindo pra que ela volte bem para os seus alunos, filhos, netos e amigos.".

Claudinéia era professora há 53 anos e fundadora do colégio O Quintal e Metropolitano, que já completa quatro décadas.

"Quando iniciei o Quintal, lembro que, em dezembro daquele ano, tinha apenas dois alunos matriculados. Quando voltamos das festas e férias, tínhamos 80 matrículas a mais.", conta orgulhosa.

Durante a entrevista em sua homenagem, ela também contou um pouco das experiências de vida. "Meus pais não tinham cursado faculdade. Eu que alfabetizei mamãe e desde sempre atuei diretamente com a Educação Infantil.", comentou.

Tia Claudinéa, como era carinhosamente chamada por seus alunos e ex-alunos, se tornou professora na década de 1960, quando foi normalista, antigo sistema educacional.