Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VEJA O VÍDEO

Elevadores falham no Regional e SES fará auditoria para descobrir responsável

Secretário quer descobrir de qual funcionário era a responsabilidade em informar os problemas
09/12/2019 15:31 - DAIANY ALBUQUERQUE


 

Problemas em elevadores do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul têm feito com que pacientes e corpos de pessoas em óbito sejam carregados por meio de escadas. Vídeo gravado no hospital mostra o drama que funcionários enfrentam para tentar utilizar um dos elevadores do local. (Veja abaixo).

O titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Geraldo Resende, afirmou que solicitou que fosse aberto um processo administrativo para descobrir de qual funcionário era a responsabilidade em informar problemas registrados nos elevadores do Hospital Regional Rosa Pedrossian. Segundo o secretário, ele ficou surpreso ao saber que os equipamentos estavam danificados.

“Fiquei surpreso ao saber que esses problemas ocorrem rotineiramente, porque em 11 meses à frente da secretaria nunca havia sido informado sobre esses problemas. Vamos correr para resolver isso, mas vamos abrir um processo interno para saber de quem era a responsabilidade por nos informar sobre os defeitos, porque nem as direções anteriores nos relataram nada”, afirmou o secretário.

Conforme Resende, em reunião na manhã desta segunda-feira (9) a secretaria solicitou que o hospital faça um levantamento sobre todos os equipamentos que precisam ser trocados ou reformados. Sobre os elevadores, o secretário afirma que a empresa que cuida da manutenção já foi acionada para realizar o conserto do equipamento.

A secretaria também pretende fazer a troca de todos os elevadores. De acordo com o titular da pasta, a licitação será lançada para o orçamento de 2020. Além desses equipamentos, um novo será adquirido para ser instalado na parte de fora do prédio. Ele será usado para transportar pacientes de cirurgias bariátricas.

Sobre o elevador, o Corpo de Bombeiros informou que a questão dos elevadores não é de competência da corporação, já que se trata de falta de manutenção.

Conforme assessoria de imprensa do hospital, unidade tem três elevadores de maca e dois sociais. Destes, dois elevadores de maca estão parados, um deles há mais de cinco anos.

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!