Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VEJA O VÍDEO

Elevadores falham no Regional e SES fará auditoria para descobrir responsável

Secretário quer descobrir de qual funcionário era a responsabilidade em informar os problemas
09/12/2019 15:31 - DAIANY ALBUQUERQUE


 

Problemas em elevadores do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul têm feito com que pacientes e corpos de pessoas em óbito sejam carregados por meio de escadas. Vídeo gravado no hospital mostra o drama que funcionários enfrentam para tentar utilizar um dos elevadores do local. (Veja abaixo).

O titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Geraldo Resende, afirmou que solicitou que fosse aberto um processo administrativo para descobrir de qual funcionário era a responsabilidade em informar problemas registrados nos elevadores do Hospital Regional Rosa Pedrossian. Segundo o secretário, ele ficou surpreso ao saber que os equipamentos estavam danificados.

“Fiquei surpreso ao saber que esses problemas ocorrem rotineiramente, porque em 11 meses à frente da secretaria nunca havia sido informado sobre esses problemas. Vamos correr para resolver isso, mas vamos abrir um processo interno para saber de quem era a responsabilidade por nos informar sobre os defeitos, porque nem as direções anteriores nos relataram nada”, afirmou o secretário.

Conforme Resende, em reunião na manhã desta segunda-feira (9) a secretaria solicitou que o hospital faça um levantamento sobre todos os equipamentos que precisam ser trocados ou reformados. Sobre os elevadores, o secretário afirma que a empresa que cuida da manutenção já foi acionada para realizar o conserto do equipamento.

A secretaria também pretende fazer a troca de todos os elevadores. De acordo com o titular da pasta, a licitação será lançada para o orçamento de 2020. Além desses equipamentos, um novo será adquirido para ser instalado na parte de fora do prédio. Ele será usado para transportar pacientes de cirurgias bariátricas.

Sobre o elevador, o Corpo de Bombeiros informou que a questão dos elevadores não é de competência da corporação, já que se trata de falta de manutenção.

Conforme assessoria de imprensa do hospital, unidade tem três elevadores de maca e dois sociais. Destes, dois elevadores de maca estão parados, um deles há mais de cinco anos.

Felpuda


Dia desses, há quem tenha se lembrado de opositor ferrenho – em público –, contra governante da época, mas que não deixava de frequentar a fazenda de “sua vítima” sempre que possível e longe dos olhos populares. Por lá, dizem, riam que só do fictício enfrentamento de ambos, que atraía atenção e votos. E quem se lembrou da antiga história garantiu que hoje ela vem se repetindo, tendo duas figurinhas carimbadas nos papéis principais. Ô louco!