Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

MANIFESTAÇÃO

Protesto organizado por coletivos ativistas pede Justiça por Mariana Ferrer

O movimento pede reavaliação do processo que absolveu o acusado André Aranha
05/11/2020 16:15 - Thais Libni


Manifestação pedindo justiça por Mariana Ferrer acontecerá nesta sexta-feira (6), em Campo Grande.

Organizada pelos coletivos Juntas Crescemos, Elas Podem e o site Papo de Vênus, a movimentação está marcada para acontecer às 16h, em frente ao Ministério Público Federal (MPF).

Motivação é o resultado da sentença que absolveu André de Camargo Aranha, acusado por estuprar Mariana Ferrer em um club de Florianópolis. Na época Mariana tinha 21 anos, e teria apresentado todas as provas para a justiça.

O protesto pede revisão da sentença, além de levantar bandeiras como para o fim da culpabilização da vítima dentro da cultura do estupro e a revisão do machismo estrutural no sistema judiciário brasileiro.  

Os coletivos responsáveis pela organização da iniciativa explicam: “Entendemos que a injustiça cometida contra Mariana é também contra todas as mulheres do Brasil”, pontuam.

A organização ainda ressalta:“Queremos a participação daqueles que se identificam e respeitam a causa feminista e são contra o retrocesso dos direitos das mulheres, alvo de disputas ideológicas promovidas inclusive pelo atual governo”.

O encontro acontecerá em frente ao prédio da Procuradoria da República em Mato Grosso do Sul, na Avenida Afonso Pena, esquina com a Rua Dona Ambrosina e, para o reconhecimento dos participantes, é preferível que se esteja de preto.

É obrigatório o uso de máscara e distanciamento entre os participantes, para garantir a segurança de todos os envolvidos.

 
 

Felpuda


Embora tenha manifestação de que não haverá mudanças na administração municipal que se iniciará dia 1º de janeiro, o que se ouve por aí é que a realidade não seria bem assim.

Alguns setores deverão passar por alterações, como forma de se azeitar engrenagens que estariam deixando a desejar. 

O Diário Oficial, a partir daquela data, deverá ser a publicação mais lida a cada manhã.