Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EPIDEMIA

Em Campo Grande, Saúde vai usar drones para combater dengue

Equipamentos serão usados para identificar focos do mosquito transmissor da doença
18/05/2020 12:01 - Adriel Mattos


A prefeitura de Campo Grande vai adquirir drones, veículos aéreos operados por controle remoto, no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus. A lei foi publicada na edição desta segunda-feira (18) do Diário Oficial da Capital (Diogrande).

Os equipamentos serão usados para identificar focos em imóveis. Assim, o proprietário será notificado e intimado a eliminar o criadouro. Se não o fizer, está sujeito à punição.

Caberá à prefeitura editar decretos e resoluções para regulamentar o uso dos drones. A aquisição será feito com recursos municipais. Não há previsão para colocar esses equipamentos em operação.

A Capital vive uma epidemia de dengue. Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Campo Grande tem 11,5 mil notificações e uma incidência de 1287,2. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma doença é considerada epidêmica quando registra 300 casos para cada 100 mil habitantes.

 
 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.