Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SAÚDE

Em Campo Grande, três supostos casos do novo coronavírus foram descartados

Pacientes não se enquadraram nos critérios de investigação da doença e foram liberados
26/02/2020 18:13 - Eduardo Miranda


No mesmo dia em que o primeiro caso do novo coronavírus do Brasil e da América Latina foi confirmado em São Paulo (SP), e a primeira suspeita (com paciente isolado) de Mato Grosso do Sul foi confirmada em Ponta Porã, em Campo Grande, três notificações - o início do procedimento - chegaram às autoridades de saúde. Na Capital, os casos foram atendidos na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do Bairro Ana Maria do Couto, na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) da Vila Almeida e no Hospital Proncor.  

“Todos os casos foram descartados”, afirmou o secretário de Saúde de Campo Grande, José Mauro Filho. “São pessoas que chegaram ao posto de saúde apresentando características de gripe”, acrescentou.  

José Mauro Filho explicou que os três casos notificados pelas equipes de vigilância das unidades públicas e privadas não se enquadraram nos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde para investigar o novo coronavírus. A principal destas condições é considerar o histórico de viagens recentes para países onde há a circulação do vírus. Na lista atualizada diariamente pelo Ministério da Saúde, além da China, epicentro da doença, Japão e outros países asiáticos, também está a Itália, país ocidental onde a propagação do vírus tem sido maior. Nenhum destes pacientes havia viajado recentemente para os destinos da lista.  

“Os casos estão sendo orientados. Em muitos deles, não se tem motivos para manter o paciente isolado”, explicou o secretário de Saúde.

 
 

Alerta

Na manhã desta quarta-feira, a Secretaria Estadual de Saúde informou que monitora um rapaz de 24 anos de idade, que está isolado no Hospital Regional de Ponta Porã. Ele voltou de viagem de 14 dias na China, Tailândia e ainda passou pela Alemanha, países com casos registrados do Coronavírus. O rapaz teria apresentado os sintomas do novo coronavírus, e por isso foi submetido a isolamento.  

Nas redes sociais, Gabriel Santana disse que os exames “não apontaram nada para corona”. A versão dele, porém, não é a mesma das autoridades de saúde do Estado.  

Em São Paulo, um homem de 61 anos de idade é o primeiro caso confirmado da doença. Ele esteve na Itália recentemente. O Ministério da Saúde investiga outros casos da doença, todos eles descartados.  

Felpuda


Alguns pré-candidatos que estão de olho em uma cadeira de vereador vêm apostando apenas nas redes sociais, esperançosos na conquistados votos suficientes para se elegerem. A maioria pede apoio financeiro para continuar mantendo suas respectivas páginas, frisando que não aceita dinheiro público ou de político, fazendo com que alguns se lembrem daquela famosa marchinha de carnaval: “Ei, você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí...”. Como diria vovó: “Essa gente perdeu o rumo e o prumo”.