Clique aqui e veja as últimas notícias!

OPERAÇÃO PROLEPSE

Em seis meses, Polícia Militar Ambiental aplicou R$ 33 milhões em multas no MS

Durante operação Prolepse, 116 infratores foram autuados
25/09/2021 14:30 - Thais Libni


A Polícia Militar Ambiental (PMA) aplicou R$ 33 milhões em multas em seis meses da operação “Prolepse” de prevenção aos incêndios em Mato Grosso do Sul, com foco especial na região do Pantanal, tão prejudicada pelos incêndios nos últimos anos.

De acordo com o levantamento publicado pela PMA, 116 infratores foram autuados e 722 propriedades rurais foram visitadas, aonde funcionários e proprietários receberam informativos sobre prevenção aos incêndios.

Últimas notícias

Foram percorridos, 32 mil km entre estradas e rios. Todas as 26 subunidades do batalhão, que conta com 335 policiais estão atuando na operação.

Em cada propriedade que os agentes visitam, as pessoas realizam o preenchimento de um questionário contendo algumas questões e firmam o compromisso de não fazer uso do fogo.

Durante os trabalhos, pequenos, médios e grandes proprietários estão fechando compromisso com a Polícia Militar Ambiental, após orientados, de não recorrer ao fogo. 

Se em todo caso, algum deles precisarem utilizar, o compromisso é fazer no período permitido e com a autorização ambiental.

A PMA ainda informa que nos últimos dois meses ouve um aumento na aplicação de multas, nos primeiros cinco meses, 82 pessoas haviam sido autuadas, ja do quinto para o sexto mês esse número aumento para 116 pessoas. 

Assine o Correio do Estado