Clique aqui e veja as últimas notícias!

MEDIDAS DE CONTENÇÃO

Embarque de passageiros é permitido apenas pela porta da frente em terminais da Capital

Novas regras de funcionamento fazem parte do plano para evitar propagação da Covid-19 criado pela Prefeitura de Campo Grande
05/12/2020 18:10 - Ana Karla Flores


Como estratégia da Prefeitura para evitar contágio do novo Coronavírus, terminais irão reabrir a partir desta segunda-feira (7), com novas regras de funcionamento de acordo com o decreto publicado hoje no Diário Oficial do Município (Diogrande).  

Conforme a decisão da Prefeitura, publicada no diário oficial de Campo Grande nesta sexta-feira (4), o embarque dos ônibus do Consórcio Guaicurus serão apenas pela porta da frente. Com isso, a entrada pela traseira do ônibus fica proibida nos terminais da Capital.

Acompanhe as últimas notícias do Correio do Estado

O diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Janine de Lima Bruno, explica que como os terminais estarão abertos, os passageiros não pagam pela entrada, com isso, o embarque só será permitido pela entrada dianteira do veículo.

“Outra confusão que é muito comum, é na hora de usar o cartão para fazer a integração temporal, que continua valendo, mas só com o vale-transporte e com o cartão cidadão. Cartão portador não faz integração”, ressaltou.

Além disso, os passes do estudante e o de gratuidade dos idosos será suspenso. Terminais ficarão abertos até às 23h e o limite de passageiros foi reduzido para 70% da ocupação total do veículo.

Outras medidas

Entre as medidas que serão adotadas a partir desta segunda-feira está o toque de recolher, que começará duas horas mais cedo, das 22h às 5h. O comércio está autorizada a abrir das 8h às 21h, com 40% da capacidade total de clientes. Durante o toque de recolher, os estabelecimentos comerciais devem fechar as portas, mas é permitida a venda por delivery.

Realização de festas e campeonatos esportivos também a volta a ser proibida na Capital.

Equipes de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur) e Vigilância Sanitária serão ampliadas, com consequente aumento de blitz de prevenção e orientação, principalmente para evitar a mistura de álcool e direção, responsável por vários acidentes em que as vítimas também podem ocupar leitos de UTI.