Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

COMPLICAÇÕES CIRÚRGICAS

Engenheiro e ex-candidato a prefeito, Aroldo Figueiró morre em Campo Grande

Ele teve complicações após uma cirurgia e morreu na manhã desta quinta-feira
29/10/2020 09:03 - Glaucea Vaccari


Engenheiro civil Aroldo Abussafi Figueiró, morreu na manhã desta quinta-feira (29), aos 67 anos, em Campo Grande.

Ele estava internado e morreu por complicações cirúrgicas.

Natural de Campo Grande e formado em engenharia civil pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Figueiró foi conselheiro do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea/MS) por vários mandatos.

Ele também foi vice-presidente do Conselho e, atualmente, era representante do Crea-MS no Conselho Estadual de Cidades.

Nas eleições municipais de 2016, Figueiró foi candidato a prefeito pelo PTN, onde obteve 3.261 votos válidos.  

O engenheiro também foi professor universitário. Figueiró deixa a esposa, cinco filhos e quatro netos.

Em nota, o Crea-MS manifestou pesar. “Dono de uma alegria singular e cativante, Figueiró possuía múltiplos talentos, entre eles o de contar grandes histórias”, diz a publicação.  

Velório será realizado na manhã desta quinta-feira, no cemitério Memorial Park, na Rua Francisco dos Anjos – bairro Santa Branca, na Capital.

 
 

Felpuda


Racha em entidade religiosa teve péssimas consequências eleitorais na disputa por vagas na Câmara Municipal de Campo Grande.

O quiproquó, também, digamos, com nuance familiar, provocou estragos da-que-les.

Aí, como consequências, fez com que quem está não conseguisse votos suficientes para permanecer em 2021-2024 e quem estava fora tentando retornar ficasse à beira do caminho. 

Como se vê...