Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CARNAVAL 2020

Escola "A Pesada" ganha o bicampeonato em Corumbá

O segundo lugar ficou com a Império do Morro
26/02/2020 19:45 - Da Redação


Sílvio Andrade

Com quatro pontos de vantagem na apuração geral do carnaval de Corumbá, A Pesada conquistou o bicampeonato no desfile das escolas de samba, resultado já esperado pela apresentação irretocável da agremiação na Avenida General Rondon. A Pesada desfilou na noite de segunda-feira com samba-enredo celebrando seus 50 anos de fundação.

O segundo lugar ficou com a Império do Morro, que foi penalizada com seis décimos, mas se superou nas notas dos jurados, o mesmo ocorrendo com a Mocidade da Nova Corumbá, classificada em terceiro, mesmo com a perda de quatro décimos por extrapolar o tempo limite do desfile. A Major Gama não foi penalizada, mas acabou na sexta colocação.

A apuração do desfile ocorreu no final da tarde de ontem, no circuito do samba, com a presença de um público inferior aos anos anteriores, não correspondendo à rivalidade das escolas. A única escola que levou sua torcida em peso foi a Pesada, que fez uma grande festa com a proclamação oficial da campeã pela Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá).

A Pesada liderou a pontuação do início ao fim, recebendo nota máxima (dez) em bateria, enredo, fantasia e comissão de frente, somando 157,9 pontos. A Império alcançou 153,6 pontos, e a Mocidade da Nova Corumbá, 152,5. Demais escolas: Vila Mamona, 151,5; Estação Primeira do Pantanal, 151,4; Major Gama, 150,2; Acadêmicos do Pantanal, 149,2; Imperatriz Corumbaense, 148,6; e Marquês de Sapucaí, 147,4.

Entre os blocos oficiais, o Vitória Régia, com 79,6 pontos, foi o campeão do desfile deste ano, vindo a seguir o Clube dos Cem, com 78,4 pontos, e a Nação Zumbi, 78,3.

 

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.