Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BONITO

Estado aguarda autorização da Anac para recuperar pista do aeroporto de Bonito

Governo interveio pois concessionária não cumpriu obrigações contratuais
21/09/2016 14:48 - MARIANE CHIANEZI


 

Governo do Estado aguarda autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para realizar obras de recuperação da pista do aeroporto de Bonito. Correções e manutenções preventivas foram realizadas recentemente na pista de pouso e decolagens.

O Estado interveio no aeroporto no dia 13 de setembro, pois a concessionária responsável pela administração da pista não cumpriu obrigações contratuais. A falta de manutenção poderia acarretar no fechamento do local.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE), junto à Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), procedeu as correções necessárias no pavimento para garantir a realizações de voos na região, considerada turística. Constatou-se que as condições do piso eram criticas nos últimos 300 metros da pista, de dois mil metros, com riscos de acidentes.

Fabrício Alves Correa, superintendente viário do Estado, explica que um levantamento já foi feito e de imediato, o Governo Estadual realizou as obras de reparo emergencial. “Aguardamos autorização da Anac para fazer todas as correções técnicas necessárias, eliminando qualquer situação de risco e considerando também novas demandas do aeroporto” disse.

VOOS

A Azul, que opera às quartas-feiras e aos domingos desde maio deste ano, terá mais um voo semanal na rota São Paulo-Bonito, aos sábados, a partir de 15 de outubro. A empresa fez a comunicação diretamente ao governador Reinaldo Azambuja.

Já empresa Gol também aventou a possibilidade de colocar mais um voo e está em tratativas com o Estado. No ano passado, o aeroporto recebeu 25 mil passageiros, entre chegadas e saídas.

Felpuda


Mesmo sabendo que não é fácil conquistar a vitória, alguns políticos em pleno exercício do mandato disputam eleições, querendo trocar o Legislativo pelo Executivo e se dizendo preocupados com as necessidades do município. 

A jogada é antiga: fazem campanha eleitoral antecipada, pois vão tentar a reeleição, e começam a “trabalhar” o nome desde já. É bom lembrar o dito popular: “De boas intenções o inferno está cheio”. Ah, o poder!