Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BOLETIM COVID-19

Estado soma mais 7 casos e chega a 60 número de infectados

Dos pacientes, 13 estão internados, somente um na rede pública de saúde
03/04/2020 11:39 - Ricardo Campos Jr


 

Mato Grosso do Sul somou mais sete casos confirmados do novo coronavírus, segundo boletim divulgado nesta sexta-feira (3). Com isso, a quantidade de infectados subiu para 60. Dos pacientes cujos exames deram positivo, dois estão em Dourados e cinco na Capital e quatro estão internados.

O número de suspeitas da Covid-19 subiu de 28 para 43 entre ontem e hoje. Outros 18 foram descartados depois do resultado das amostras retornar negativo.

Entre os pacientes contaminados pelo vírus, somente um está aos cuidados do sistema público. Trata-se de um homem que está em Dourados. Conforme o secretário de Saúde, Geraldo Resende, o estado dele não é considerado crítico. Outros 13 pacientes estão na rede privada e o restante, em isolamento domiciliar.

Mais duas pessoas confirmadas para o novo coronavírus foram declaradas, elevando para 29 o número de pacientes que já finalizaram a quarentena domiciliar.

Com relação ao perfil dos contaminados, 48% são homens e 52% mulheres. A maioria dos casos positivos tem entre 30 e 39 anos (31,7%), seguidos por adultos de 20 a 29 anos (20%). Idosos (acima de 60 anos) correspondem a 13,3% dos casos confirmados. 

Quanto aos casos suspeitos, a Capital tem 19 aguardando o resultado do exame, enquanto Corumbá tem cinco. Aquidauana, Bataguassu e Dourados têm um caso cada. Amambai, Bandeirantes, Batayporã, Caarapó, Camapuã, Dois Irmãos do Buriti, Fátima do Sul, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Ponta Porã, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas têm um caso sob investigação. 

Resende voltou a reforçar que o isolamento social é a melhor maneira de evitar o avanço do novo coronavírus e disse que os dados do contágio reforçam que as medias já adotadas estão funcionando. 

 
 

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!