Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DOAÇÃO

Estoque do Hemosul vai de 40 a 10% em uma semana

Tipagens A, O e B estão em falta; AB tem quantidade aceitável
17/07/2020 12:01 - Rodrigo Almeida


Responsável por fornecer sangue para todos os hospitais particulares e públicos de Mato Grosso do Sul, o Hemosul se encontra em estado crítico. O estoque de sangue atingiu 10% da capacidade nesta sexta-feira (17). 

De acordo com a nota pública, o centro já sofre com o desabastecimento. “As tipagens O, A e B [estão] abaixo dos 10%, a situação na unidade é considerada de emergência”, diz o comunicado.

“A única tipagem que está com estoque bom é AB. Precisamos de doações dos tipos O, A e B, positivo e negativo”, reforça a gerente de relações públicas do Hemosul, Mayra Franceschi.

No começo do mês os estoques estavam em 40% da capacidade e a demanda pelo sangue de tipo A era alta. 

Agora a situação está ainda pior. Esse é o tipo mais comum no Brasil, segundo banco de dados Wayback Machine. 

A gerente da rede ainda lembra que "não podemos ter aglomerações (por causa da pandemia de coronavírus). Por isso organizamos as pessoas para respeitarmos todas as normas de segurança". Assim, é obrigatório o uso de máscaras e aconselhável o agendamento. 

Como doar

Através da doação programada, pode-se evitar a aglomerações nas unidades. Os telefones para agendamento na Capital são os (67) 3312-1516, (67) 3312-1529 e (67) 99298-6316. 

O local funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e aos sábados das 7h às 12h. 

Para doar a pessoa deve ter entre 16 e 69 anos, mais de 55kg, e não estar acometida por alguma das doenças a seguir: hematológicas, cardíacas, renais, pulmonares, hepáticas, autoimunes, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramentos anormais, convulsões, ou portadores de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue como Doença de Chagas, Hepatite, AIDS, Sífilis.

O profissional de saúde fará a avaliação, pois alguns medicamentos e ter tomado alguma vacina nos últimos sete dias podem ser impeditivos. Menores de idades devem ser acompanhados por responsável.

A rede ainda aconselha a estar bem alimentado antes da doação e evitar uma refeição muito gordurosa. 

Com relação à frequência, homens podem doar até quatro vezes por ano com um intervalo de dois meses entre cada doação. Já para as mulheres estão limitadas a três doações espaçadas por no mínimo três meses. 

 
 

Felpuda


Candidato a prefeito de cidade do interior foi buscar “inspiração” para elaborar seu programa de governo.

Assim, não se fez de rogado em beber da fonte de prefeito que tenta a reeleição em município da Bahia.

O dito-cujo cá dessas bandas copiou as propostas e vinha as apresentando como sendo de sua autoria.

A população já descobriu o plágio e ainda aguarda uma explicação.

Se não houver, as urnas certamente a darão.