Clique aqui e veja as últimas notícias!

CONTROLE

Força Aérea reforça sistema de radar na fronteira a partir de Corumbá

Equipamentos serão usados para ajudar na interceptação de voos clandestinos a serviço do tráfico
17/08/2020 07:30 - Thiago Gomes


Peça principal no combate ao tráfico internacional de cocaína boliviana na região de fronteira para o Brasil a partir de Corumbá, a Aeronáutica vai reforçar o seu sistema de radares. É por meio da rede de monitoramento que a Força Aérea Brasileira (FAB) tem conseguido reprimir ações do tráfico aéreo. 

Somente neste ano, por exemplo, já foram interceptadas mais de 3,5 toneladas de cocaína em voos clandestinos da Bolívia para o Brasil. O resultado faz parte de ações de unidades de caça, na maioria das vezes interceptações do Esquadrão Flecha, da Ala 5 (antiga Base Aérea de Campo Grande).  

Na tentativa de aperfeiçoar a sua malha de equipamentos de controle, nesta terça-feira, em Corumbá, e em continuidade ao processo de modernização da rede de radares de vigilância do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (Sisceab) com o objetivo de aprimorar o controle do espaço aéreo na fronteira do Brasil com o Paraguai e a Bolívia, a Força Aérea inaugura uma nova estação de radar composta de radares primário e secundário. 

A cerimônia de inauguração da Estação Radar de Corumbá está prevista para as 10h30min, em área do aeroporto internacional da cidade.