Clique aqui e veja as últimas notícias!

FAHD JAMIL

Fahd Jamil não paga fiança de quase R$ 1 milhão e continua preso no Garras

O esperado pela defesa é que o valor seja pago ainda hoje
07/06/2021 14:50 - Izabela Cavalcanti


Fahd Jamil, conhecido como "Rei da Fronteira", segue preso na Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras), sem conseguir o valor suficiente para ser liberado para a prisão domiciliar.

Desde a última quinta-feira (3) o juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, concedeu prisão domiciliar à Fahd, de 79 anos, desde que fosse pago o valor de R$ 990 mil, equivalente a 900 salários mínimos.

De acordo com a defesa, o advogado André Borges, pode ser que a família consiga o dinheiro ainda hoje. "A urgência agora é da família. Até o momento não foi pago, mas eu acredito que vai pagar isso hoje. Ele ainda continua no Garras", relata.

Últimas notícias

Caso consiga pagar a fiança, Fahd Jamil será monitorado por tornozeleira eletrônica e também não poderá se ausentar de Campo Grande sem autorização prévia da Justiça, a não ser para atendimentos médicos.

Ele deverá entregar o passaporte e está proibido de manter contato com testemunhas ou demais réus de todos os processos originados da Operação Omertà.

O pedido da prisão domiciliar foi formulado pela defesa, alegando que o acusado tem saúde debilitada, no qual, necessita de cuidados especiais.

Com isso, deverá ser apresentado o nome e os dados de identificação de todos os familiares, médicos e enfermeiros que visitarão Fahd durante a prisão domiciliar.

O acusado será encaminhado para reavaliação médica no Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol), quando atingir o 150° dia de prisão domiciliar.