Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

OPERAÇÃO FINADOS

Feriadão termina sem acidentes com mortes nas rodovias de Mato Grosso do Sul

Operação realizada pelas policias rodoviárias Federal e Estadual terminou nesta manhã
03/11/2020 15:09 - Glaucea Vaccari


O feriado prolongado do Dia de Finados terminou sem mortes nas rodovias estaduais e federais de Mato Grosso do Sul.  

Balanço das operações realizadas pelas Polícias Rodoviárias Federal (PRF) e Estadual (PMRV) foram divulgados nesta terça-feira (3).

Do dia 30 até a manhã de hoje, fiscalização foi intensificada nas rodovias, especialmente nos pontos considerados críticos.

Nas rodovias estaduais, Polícia Militar Rodoviária fiscalizou e abordou 1.915 veículos, sendo emitidos 273 autos de infração.

Quatro acidentes ocorreram durante o feriadão, nos municípios de Cassilândia, Deodápolis, Sidrolândia e Ponta Porã.

Sete pessoas foram presas em flagrante, sendo duas por homicídio, três por tráfico de drogas e uma por estar com mandado de prisão em aberto.

Foram apreendidos ainda R$ 120 mil em celulares e 32 pneus contrabandeados.  

Já nas rodovias sob responsabilidade da PRF, foram abordados 2.261 veículos e 2.638 pessoas nos quatro dias de operação.

Foram registrados 19 acidentes, com dois deles considerados graves, mas sem óbitos.

Infrações resultaram 1.540 autos de infração, sendo 283 por ultrapassagens, 95 pelo não uso do cinto de segurança e 19 por transporte de crianças fora da cadeirinha.

Testes do bafômetro flagraram 21 motoristas dirigindo sob efeito de álcool e 10 motoristas presos por resultado de miligramas de álcool por litro de ar expelido em índice que configura crime.  

No ano passado, o feriado não caiu em data que emendava no fim de semana e não foi realizada operação, não havendo, portanto, comparativo.

 
 

Felpuda


Embora tenha manifestação de que não haverá mudanças na administração municipal que se iniciará dia 1º de janeiro, o que se ouve por aí é que a realidade não seria bem assim.

Alguns setores deverão passar por alterações, como forma de se azeitar engrenagens que estariam deixando a desejar. 

O Diário Oficial, a partir daquela data, deverá ser a publicação mais lida a cada manhã.