Clique aqui e veja as últimas notícias!

HOSPITALIZAÇÃO

Fila de espera por um leito existe independentemente de vagas disponíveis em hospitais

Existem 33 pessoas à espera de um leito nesta quarta-feira em Mato Grosso do Sul
21/07/2021 13:45 - Naiara Camargo


A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) afirma ao Correio do Estado que a fila de espera por um leito sempre existirá, mesmo que haja disponibilidade em hospitais.

Boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) é divulgado diariamente contendo números de pessoas em fila de espera por um leito, mesmo havendo vagas disponíveis em hospitais de todas as macrorregiões de Mato Grosso do Sul.

Últimas notícias

Isso acontece porque o encaminhamento de pacientes não é imediato. É necessário que pacientes que forem transferidos de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para hospitais sejam inseridos em fila de espera virtual.

Geralmente pacientes precisam ser transferidos de um local à outro para realização de procedimentos cirúrgicos, laboratoriais ou até mesmo alocação em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) ou leitos clínicos.

“Esse processo de regulação é permanente, independentemente de ter leito disponível ou não. Nem sempre o paciente precisa de um leito de UTI. Às vezes ele precisa só de um procedimento eletivo. O encaminhamento é permanente, sempre existiu e sempre vai existir”, disse a assessoria de imprensa da Sesau.

Pacientes em situação de emergência tem prioridade, são encaminhados mais rapidamente e não permanecem muito tempo em fila de espera virtual.

Pacientes em situação de menor gravidade são inseridos na fila de espera virtual e permanecem em observação. 

Caso o quadro evolua positivamente, não há necessidade de transferência e o paciente é excluído da lista de espera virtual.