Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

RETOMADA

Freitas: mudaremos protocolos de aeroportos e viagens para restabelecer segurança

Confiança do passageiro fragilizada em razão da pandemia do novo coronavírus
29/05/2020 01:00 - Estadão Conteúdo


O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou nesta quinta-feira (28) que o governo estuda junto das agências reguladoras responsáveis novos procedimentos em aeroportos e aeronaves que busquem restabelecer a confiança do passageiro, que ficou fragilizada em razão da pandemia do novo coronavírus. "Nós vamos mudar muitos protocolos de aeroportos, da própria viagem, tem de mudar a experiência do passageiro, ele tem que perceber que pode fazer viagem em segurança", disse.

"Estamos estudando com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quais serão os novos procedimentos no aeroporto para check-in, pré-embarque, para a fase do voo e fase pós-embarque. Precisamos transformar a experiência do passageiro para restabelecer a segurança nele", afirmou Freitas em entrevista à jornalista Leda Nagle, feita em live nas redes sociais.

Para o ministro, a questão comportamental irá "governar" a velocidade de retomada no mercado de aviação. Reportagem do Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) publicada na última sexta-feira (22) mostrou que, na visão de especialistas e do governo, a recuperação do setor aéreo passará pelo restabelecimento da confiança do consumidor.

Na semana passada, a Anvisa e a Anac já lançaram um novo documento de diretrizes para atualizar os procedimentos adotados em aeronaves e aeroportos em razão da pandemia. A nota técnica recomenda, por exemplo, que os aeroportos e as empresas aéreas passem a exigir dos tripulantes, trabalhadores e passageiros o uso de máscara de proteção.

A Anvisa também indica que os aeroportos organizem a circulação de pessoas nos terminais, estabelecendo uma distância de dois metros enquanto os clientes enquanto aguardam em filas ou sala de espera. Outra recomendação é suspender o serviço de bordo nos voos nacionais e, no caso de serem mantidos, que as companhias priorizem alimentos e bebidas em embalagens individuais higienizadas.

Durante a entrevista nesta quinta-feira, Freitas também comentou que o Brasil precisa ter um plano para a retomada gradual das atividades, para que isso seja feito com protocolos de segurança para a população e trabalhadores.

"Precisamos ter um plano agora para retomada gradual de atividades com segurança, quais serão os protocolos de retomada, como garante a segurança das pessoas, dos trabalhadores, para que possa fazer retomada", disse.

O ministro ainda afirmou que uma questão que o preocupa é a velocidade de resposta para o País injetar "o mais rápido possível uma quantidade grande de investimento para gerar emprego". Freitas é um dos idealizadores do Pró-Brasil, plano de recuperação social e econômica do País, que combina atração de recursos privados com investimentos públicos em obras de infraestrutura.

 

Felpuda


Pelo andar da carruagem, aqueles que se acham “proprietários” de certo partido não estão conseguindo encontrar alguém que possa encarar o desafio de ser cabeça de chapa e enfrentar adversários na disputa para prefeito. Até mesmo solução interna está difícil, porque   “lo mismo” mostra-se relutante em colocar a chuteira e participar do jogo. Tudo indica que a paciência do eleitor já se esgotou com a legenda, pelo que já foi demonstrado pelas urnas. E sai de baixo!